Prestes a estrear seu oitavo personagem seguido, ator falou sobre o papel na novela "Meu Pedacinho de Chão"


Nada de férias para  Rodrigo Lombardi . O ator marcou presença na coletiva de imprensa de “Meu Pedacinho de Chão”, próxima novela das 18h, e oitavo trabalho seguido do ator. “Não tem como negar. Oportunidade de trabalhar com o (Antonio) Fagundes , com Osmar Prado de novo, são oportunidades que quando pintam na vida da gente, a gente tem que aceitar. Sento do lado deles, ouço o tempo todo e me alimento deles. Esse é o presente maior. E trabalhar com Luiz Fernando Carvalho é meu sonho desde que entrei na Globo. Em casa, eu quero que dê a hora logo para eu sair para trabalhar.”

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

Barbudo, Rodrigo Lombardi posa com Fagundes e Juliana Paes
AgNews
Barbudo, Rodrigo Lombardi posa com Fagundes e Juliana Paes

Por causa do ritmo do trabalho, Rodrigo conta que não acompanha o crescimento do filho Rafael e que o menino, de 6 anos, entende a ausência. “É impossível. Desde quando ele começou a entender o que é trabalho, todo dia, antes de sair de casa, ele me pergunta se estou saindo para o trabalho. Eles são muito melhores do que a gente. A gente fica cheio de dedos. ‘Filho, papai tem que trabalhar, porque… É….’. E ele: ‘papai, você tem que trabalhar senão a gente não come, né?’. Eles entendem muito mais”, compara.

Na trama, Rodrigo interpreta Pedro Falcão, “o esteriótipo do bem”, como resume o ator. “Tivemos workshop durante dois meses, oito horas por dia, para chegar em um resultado inicial que a gente chegou. O lúdico permite as mudanças do personagem para que tudo seja o mais verdadeiro possível”, completou ele. 

O ator também falou sobre o novo visual barbudo. "Toda vez que eu fico de férias, deixo a barba cresceu. O Luiz Fernando viu, gostou, e minha barba já é ruiva, então só igualamos o cabelo. E a gente foi ajeitando. Ele é um humanista, mas ao mesmo tempo tem que essa coisa Tim Burton, meio realismo fantástico. Ele foi me trazendo referências."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.