Filho de Antonio Fagundes estreia na TV com personagem em “Meu Pedacinho de Chão”, a nova novela das 18h

Bruno Fagundes tem escola viva em casa. Quando decidiu ser ator, o jovem de 24 anos já saiu com dois pés na frente por ter como pai e maior referência o veterano Antonio Fagundes , com quem já dividiu palcos algumas vezes. Agora o desafio é outro. Bruno estreia sua primeira novela também ao lado do pai e não consegue esconder a ansiedade até a data de estreia de “Meu Pedacinho de Chão”, dia 7 de abril.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

“Para mim é uma descoberta. Eu sou do teatro e agora estou descobrindo uma nova faceta da minha profissão. Acho que fui presenteado mesmo em ter a oportunidade de fazer um projeto como esse com o Luiz Fernando Carvalho , que é um diretor que eu amo e que eu acho um gênio, e com o Benedito Ruy Barbosa . Eles formam uma dupla muito potente e muito entusiasmante artisticamente. Fazer parte disso, com um elenco tão maravilhoso, está sendo um turbilhão. Eu estou muito feliz, acho que me preparei a vida inteira para esse momento em que estou pleno no meu trabalho”, falou ao iG durante coletiva de imprensa da trama.

Questionado se está preparado para se tornar o novo galã da telinha, assim como seu pai foi um dia, Bruno rebateu: “Eu acho que isso vem muito a posteriori, sabe? Isso é muito o trabalho que dita. Eu não sei quais são os outros trabalhos que virão na minha vida, mas eu sou um ator muito seletivo e rigoroso. Eu faço questão de fazer sempre personagens diferentes, eu gosto de personagem que têm um pé na estranheza. Então, eu não sei. Eu não sei em qual quadradinho vão me encaixar, mas eu acho que só o trabalho mesmo vai dizer. Eu estou aberto para viver tudo que tiver para viver”.

Como a trama de Benedito tem elenco reduzido, eventualmente Renato e Giácomo, personagens de Bruno e Antonio, respectivamente, vão se cruzar. “A gente está acostumado a trabalhar junto. Nos descobrimos mesmo parceiros profissionais, temos visões muito parecidas, apesar de sermos atores completamente diferentes. Mas é um privilégio poder dividir mais um momento especial com meu pai”, garantiu o ator.

Sobre o médico Renato, Bruno adiantou que ele é vindo da cidade grande e chega na pequena Vila de Santa Fé a convite do amigo Ferdinando, personagem de Johnny Massaro . “Ele chega quase com uma missão, que é uma espécie de medicina social. Ele quer cuidar das pessoas dessa vila. E quando ele chega em Santa Fé ele se apaixona pelo visual, pelas pessoas, e acaba criando raízes lá”, disse.

A ousadia e identidade visual totalmente inovadoras também foi assunto para Bruno. “Eu acho que realmente é uma novela de risco, porque o Luiz Fernando Carvalho, em sua genialidade, não mediu nenhum esforço para exuberar sua criatividade. E acho, ao mesmo, que isso é só abastecimento, é só alegria. Ele reinventou, renovou o horário das 18h com uma coerência artística inacreditável. É uma novela de risco sim, mas o que é a vida senão a gente correndo riscos o tempo todo?”, questionou o jovem ator.

“Eu vou parafrasear Picasso. Eu acho que a arte não deve ser casta nunca. Se é casta não é arte. A tentativa do Luiz Fernando também é um pouco essa, de fazer diferente, de se entusiasmar artisticamente, se renovar, e consequentemente todos em volta. Eu tenho certeza que o público vai talvez estranhar o primeiro capítulo, a primeira semana, porque é muito novo. E é muito rico e cheio de detalhes, mas é impossível não embarcar, porque é um universo maravilhoso”, afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.