Apresentador comentou nesta terça-feira (18) que seu novo programa está mais competitivo para os domingos


Empolgado com seu novo programa de domingo, "A Hora do Faro", Rodrigo Faro conversou com a imprensa na tarde desta terça-feira (18) durante a coletiva de imprensa da Record, na sede da emissora, em São Paulo.

"Trabalhei com o Ignácio [Coqueiro, diretor de seu programa] na 'Malhação' e depois disso fiz a minha primeira novela das nove, 'Suave Veneno', que eu fazia um jogador de futebol e a gente veio se reencontrar agora nesse período de mudança, de ter esse programa de domingo", comentou. "Ele vai acrescentar muito com o conhecimento, pois introduziu quadros de muito sucesso no 'Caldeirão' [do Hulk], do meu amigo Luciano. Até falei com ele [Luciano] e ele falou 'pô, o Ignácio vai arrebentar'", disse o apresentador.

Faro contou ainda sobre as novidades do programa dominical que substituiu a atração "O Melhor do Brasil", que foi ao ar aos domingos nos últimos seis meses para tapar o buraco deixado por Gugu Liberato . "O programa está crescendo cada vez mais. A gente está conseguindo trazer aquilo do 'Vai dar Namoro' para o Domingo. Estamos criando agora o 'Domingokê', onde a minha plateia fica com conta na mão e se vier cantar bem, pago a conta. Se cantar mal é farinha na cabeça. Vai estrear o quadro novo onde a gente vai trazer artista e passar a vida dele toda", explicou.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

Entusiasmado, o apresentador contou outra novidade. "Tem agora também uma banda. Além de apresentar e dançar, também vou poder cantar. A banda é do meu amigo Afonso Nigro. O programa vem com quadros novos", contou.

Rodrigo Faro explicou sobre as novidades do programa. "A gente teve esses cinco, seis meses. Estávamos no ar, conseguimos até alcançar a liderança várias vezes. Isso tudo com o meu programa do sábado. Agora vamos ter um programa de domingo com a minha cara. Com alegria. E domingo, mais do que nunca, é a minha alegria", comemorou. "Falei igual ao Faustão agora, né? 'Mais do que nunca'", brincou ele.

O programa continua no mesmo horário e, segundo o apresentador, "A Hora do Faro" está mais competitivo e vai dar dor de cabeça aos concorrentes. "Domingo é, sim, uma guerra e estamos nos preparando para essa guerra com investimento. Banda ao vivo, cenário novo. Tudo novo para que eu tenha cada vez mais condições de poder competir em condições de igualdade com apresentadores que estão no domingo há pelo menos 10 anos. É isso que quero, que as pessoas cada vez mais liguem a televisão para me assistir. E que com humildade a gente consiga beliscar a liderança", avaliou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.