Ator levou a melhor como ator no Melhores do Ano do "Domingão do Faustão"

Mateus Solano com seu troféu de melhor ator
Felipe Assumpção/Léo Marinho/AgNew
Mateus Solano com seu troféu de melhor ator

Mateus Solano voltou a relembrar Félix durante a premiação Melhores do Ano, do "Domingão do Faustão". Indicado na categoria melhor ator por sua performance na pele do redimido vilão de "Amor à Vida", ele levou a melhor.

"É a coroação de um trabalho e a resposta muito bonita do público, que é para quem a gente trabalha, para quem a gente dedica desde o capítulo um. Não existe mais o que desejar. A expectativa agora é descansar para burro. Graças a Deus eu conquistei a confiança da Globo e tenho ganhado personagens que me desafiam", afirmou ele.

Solano dedicou o prêmio ao autor da novela, Walcyr Carrasco , ao diretor Mauro Mendonça Filho , à mulher Paula Braun e à filha do casal. Ele também voltou a falar sobre a química entre Félix e Niko, personagem de Thiago Fragoso , que foi coroada com o tão esperado beijo gay no último capítulo.

"Foi tudo tão bonito. Inicialmente não era nem para existir esse casal. Me lembro até hoje quando gravamos a primeira cena dos dois. O Maurinho falou 'nós vamos testar isso aqui'. Eu e Thiago animamos na hora. E foi uma história construída e curtida pelo público. É uma vitória para a novela e para a gente. O casal estava em um ponto que não beijar chegaria a ser estranho. Foi um beijo casual de um casal que já tinha uma relação, que já tinha ido para a cama. Foi tudo perfeito, de forma bem delicada e bem pensada. Nós conseguimos entrar no coração de quem está assistindo."

Veja mais fotos da premiação:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.