Atriz participou do lançamento de seu novo longa “SOS – Mulheres ao Mar”, na noite dessa terça-feira (11) em São Paulo

Com um coque poderoso e bem maquiada, Giovanna Antonelli chegou arrancando elogios das pessoas que esperavam para assistir à pré-estreia do filme “SOS – Mulheres ao Mar”, protagonizado por ela, na noite dessa terça-feira (11), no shopping Villa-Lobos, em São Paulo.

“Filmar em alto-mar foi uma delícia e fui presenteada com por-do-sol incrível todos os dias. Só faltou meu marido lá”, disse rindo, relembrando os 15 dias que passou em um cruzeiro no Mar Mediterrâneo para rodar o longa. “Todos aqui amam muito o que fazem e nós nos divertimos muito na viagem, nos últimos dias de filmagem já estava dando saudade”.

Novela 

Vivendo Clara na novela “Em Família”, Giovanna desconversou sobre os rumores de que os capítulos da trama estão chegando em cima da hora, o que estaria provocando a cara feia de alguns atores. “A gente grava para caramba, todos os dias, o que não falta é capítulo para a gente gravar", disse rindo. "Passamos o carnaval gravando, descansamos domingo e segunda, mas é muito bom estar nessa rotina, eu tenho muito prazer em trabalhar", afirmou ela, que é casada com um dos diretores da novela, Leonardo Nogueira .

Sobre sua personagem, que se vê interessada por uma mulher, vivida por Tainá Müller, Giovanna ainda não sabe se terá de gravar beijo gay. “É uma obra aberta e tudo pode acontecer, tem a torcida do público para isso e tenho certeza de que ele será escutado. Não tenho torcida, quero realizar um bom papel, esse reencontro com o Maneco é muito importante para mim”, disse ela.

A atriz disse não saber se o casal deve cair nas graças do público como aconteceu com Felix ( Mateus Solano ) e Niko ( Thiago Fragoso ) em “Amor à Vida”. “A gente nunca sabe, nós temos uma historia bem diferente da última que foi contada, mas eu acho que as mulheres que vivem essa situação vão se identificar muito com a nossa trama”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.