Final da periguete coroa talento de Tatá Werneck em sua primeira personagem de novela

Tatá Werneck foi uma das surpresas boas de "Amor à Vida". Na pele da periguete Valdirene, ela superou expectativas considerando que fazia sua estreia em novela. A ex-VJ da MTV dava conta do recado sozinha e suas cenas sempre foram divertidas e agradáveis de assistir, mesmo quando o autor cansou o espectador com tantos capítulos desnecessários mostrando a saga de Valdirene tentando entrar no Big Brother Brasil.

E o final de Valdirene apenas coroou o sucesso da personagem. Decidida a ficar com Carlito (Anderson Di Rizzi), seu palhaço, depois de passar a trama inteira seguindo os conselhos da mãe para se casar com um milionário, ela se declarou a ele. Um Carlito apaixonado não resistiu ao "charme" dos enchimentos de seios e bumbum de Valdirene e cedeu após tantos chifres e foras.

Para o desfecho, Valdirene vestida de noiva entrou em seu casamento dançando um funk descoordenado, bem a cara da personagem. E a cena foi o ponto alto de um penúltimo capítulo bem morno.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.