Em entrevista a Fátima Bernardes, Luiz Carlos diz que começou a ter problemas de sonambulismo após o capotamento do ônibus da banda: "Acordei tentando pular a janela"

Luiz Carlos em show do Raça Negra
Divulgação
Luiz Carlos em show do Raça Negra

Luiz Carlos , vocalista do Raça Negra, foi ao programa "Encontro com Fátima Bernardes", da Globo, nesta quarta-feira (29), nove dias após o grave acidente em que o ônibus do grupo capotou em uma rodovia em Pernambuco, deixando dez feridos. "Sai o chão e você fica girando. Até a hora que para. É uma coisa traumatizante, não é fácil, não. Já tive batidinhas de carro, de ônibus, não. Não sabia o tamanho daquilo", disse Luiz Carlos sobre o susto que os 22 integrantes, entre músicos e produtores, passaram.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

O vocalista contou que ficou traumatizado após o capotamento e que passou a ter distúrbio de sono. "O que fica é o trauma. Eu não tinha nenhum problema de sonambulismo e acordei no quarto de hóspedes tentando pular a janela. Vai demorar um pouquinho para a gente se acostumar de novo", disse ele na atração, que revelou ainda ter receio de começar a viajar mais de avião. "Não gosto, mas sou obrigado.Tem situações que não tem como fugir."

Na entrevista, ele também comentou sobre o estado de saúde de Edson, um dos integrantes da banda que mais se machucou: "Ele ficou nas ferragens e teve um problema um pouco pior nas pernas. Está sendo tratado em São Paulo".


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.