Nem o mais orgulhoso e apaixonado dos homens poderia ser tão burro quanto César

Quem poderia imaginar que o altivo, bem-sucedido e garanhão doutor César ( Antonio Fagundes ) do início de "Amor à Vida" poderia se tornar um dos personagens mais sonsos da trama. No capítulo desta terça-feira, até o espectador mais fiel da história de Walcyr Carrasco não deve ter se contido em xingar o médico quando ele começou a defender Aline ( Vanessa Giácomo ).

Conversando com Félix ( Mateus Solano ), César descobre a ligação entre a vilã e sua ex, Mariah, e passa a elaborar uma história que exime Aline de qualquer responsabilidade sobre o golpe que aplicou nele. 

"Talvez a Aline estivesse sendo influenciada pela tia e pelo Ninho. Ela me amava, mas estava sendo manipulada. A pobrezinha deveria estar sendo ameaçada pelo Ninho e eu lá cego sem poder ajudar. Está mais do que óbvio que ela foi manipulada pelos dois. Pode até ter tido um amante, mas me amava. Pode ter sido forçada a fazer o que fez, pode ter tido um plano maléfico contra mim e ela fez o que fez para me proteger", esbravejou.

Pobrezinha?? Nem o mais orgulhoso e apaixonado dos homens poderia não perceber que realmente foi passado para trás. Que acabou traído como tantas vezes traiu. César foi manipulado, roubado, ouviu intempéries de Aline, inclusive que o filho dos dois era considerado um investimento por ela e ainda assim acha a mulher inocente? Faça-me o favor!

E no capítulo desta quarta, César vai descobrir que sua cegueira foi causada por Aline e vai fazer o quê? Sentir pena dela, defender! "A Aline, tão frágil, tão bonita, presa. Dói".

Qualquer um que tenha sentido um pingo de compaixão por César depois de tudo que ele passou na mão da vilã, agora deve pensar que ele fez por merecer. Você acredita que um homem apaixonado pode ficar tão cego assim? Vote na enquete.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.