Apresentador diz que alguns jovens ainda são desinformados em relação ao sexo

Além de comemorar os 13 anos de "Altas Horas" no ar, Serginho Groisman celebra os bons resultados da mudança de horário na grade da emissora. "O saldo é ótimo. Estava batalhando desde que o programa começou. Dobrou a nossa audiência. Antes dava 6, 7 pontos no Ibope. Hoje conseguimos 12, 13 pontos", comentou ele nessa quinta-feira (5) nos estúdios da emissora em São Paulo. 

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

O apresentador ainda anteciou as mudanças da atração para o próximo ano. "A gente está fazendo uma experiência nova com o cenário, é completamente novo. É menor, as pessoas ficam mais próximas dos artistas. É uma coisa que tenho procurado fazer: que as pessoas fiquem mais perto uma das outras", explicou. Segundo ele, algumas alterações já estão em fase de avaliação. "Estou projetando algumas coisas diferentes. Alguns quadros estão em teste. Mas só daqui a pouco posso definir melhor algumas mudanças. A primeira delas é essa experiência cenográfica", completou.

Quadro de sexo com Laura Muller

Além de garantir a permanência da sexóloga Laura Muller para o próximo ano, Serginho analisa as dúvidas dos adolescentes da plateia. "Algumas perguntas no quadro sobre sexo ainda me surpreendem muito. Algumas no estilo se beijo pode engravidar. São perguntas de desinformação. Mas também têm algumas que são mais pesadas porque as pessoas usam metáforas ou sinônimos. Algumas perguntas de sexo se tornam tão populares na internet que as pessoas só repetem o mesmo tema para virar uma notícia, nem perguntam tanto por dúvida", avaliou o apresentador, que garante que a edição do programa não corta as dúvidas mais pesadas. "A gente corta por falta de tempo."

Vontade de fazer programa ao vivo

Serginho também gosta de colocar em prática o lado jornalístico. "Estou com muita vontade de sair para as externas", comentou ele, que pretende comandar um programa ao vivo durante a Copa do Mundo no Brasil. "Pretendo levar o programa para as ruas nessa época". Mas, apesar da vontade de fazer um programa ao vivo, o apresentador acredita que não será possível. "O problema maior nosso de fazer ao vivo é que aos sábados à noite todas as bandas trabalham. Então, não é muito fácil conseguir a mesma atração musical que a gente tem durante um dia de semana. Essa parte sofreria muito."

Mudança do público jovem ao longo do tempo

Desde o início de sua carreira, no fim da década de 1980, o apresentador trabalha com o público jovem. De acordo com Serginho, a internet foi a causadora da mudança no comportamento dos adolescentes. "O que mudou foi o modo que as pessoas se comunicam mais rapidamente entre ela. Elas podem fabricar conteúdos. Acho que isso transformou muito o jovem. O senso da preservação do meio ambiente melhorou, o jovem está mais informado sobre sua consciência política e entende melhor o poder que ele pode ter."

"Sonho em trazer o Chico Buarque e o João Gilberto"

Apesar dos anos de sucesso, Serginho ainda não conseguiu levar ao palco de sua atração todos os artistas que gostaria. "Sonho em trazer o Chico Buarque e o João Gilberto", revela. "Mas nem acredito que tenho essa profissão de ter as pessoas de que sou fã vindo ao meu programa. É um privilégio."

Serginho Groisman e Marina Lima
AgNews
Serginho Groisman e Marina Lima







    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.