Valentina, 18 anos, posou com a mãe para as fotos e mostrou ser tímida na hora dos flashes

Carolina Ferraz e a filha Valentina
Bia Alves e Felipe Panfili/AgNews
Carolina Ferraz e a filha Valentina

Um clique raro na vida pública de Carolina Ferraz .   A atriz, que será Tereza em "Além do Horizonte", nova novela das 19h da Globo, tirou da toca Valentina,   sua filha de 18 anos, na noite de quarta-feira (30) para a festa de lançamento da trama, no Rio de Janeiro.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba notícias dos famosos

A jovem, filha da atriz com Mario Cohen,   se mostrou tímida na frente das câmeras. Já a mãe, não desgrudou da menina um minuto. "Estou sem celular, fica aqui por perto para eu conseguir te achar", disse de rabo de ouvido para a filha, antes de começar a maratona de fotos e entrevistas do evento.

Valentina estudou fora do país no último ano e tirou 2013 para matar as saudades do Brasil. Mas para apertar de novo o coração de Carolina, a filha deve fechar a mala e explorar o exterior para fazer faculdade. Se o curso escolhido tem relação com artes cênicas? "Não, imagina! Ela, coitada, veio para cá hoje arrastada para me fazer companhia. Ela não gosta, tem vergonha, é tímida, não quer fazer nada que tenha relação com a parte artística", garantiu a atriz.

Com 45 anos (e há tempos sustentando como ninguém o manequim 36), Carolina brincou quando foi chamada de irmã de Valentina tamanha beleza e semelhança com a menina. "Um luxo ser irmã gêmea dela."

Falando sobre a novela, a atriz vai entrar pela primeira vez no estúdio nesta quinta (31) para, finalmente, iniciar os trabalhos como Tereza. "O que me contaram é que ela é vilã mesmo. A princípio, ela é má, do tipo sem salvação. A personagem só entra no capítulo 14 e isso causa um nervoso. O elenco já está envolvido, trabalhando junto em estúdio há dois meses e sou a última a entrar nesse bonde que já está andando. Acho que fui a primeira a ser escalada e a última a começar a gravar", comentou, rindo.

A expectativa para o novo trabalho, segundo ela, é a melhor possível. "Quando a gente começa uma novela, depois de tantas como já fiz, as expectativas são bem objetivas. Quero fazer um bom trabalho e que o público goste. Não tenho aquela expectativa de fazer a novela que vai mudar a história. Imagina, né?! Cada novela tem tantas variáveis. Às vezes você vai com tudo e não dá certo, às vezes você vai com zero expectativa e arrebenta. Eu tenho tido sorte. Os meus últimos trabalhos deram muito certo."

Se Carolina acredita em felicidade plena? Só com dois pés no chão: "Acredito, mas partindo do princípio de que tudo é efêmero, até a plenitude da felicidade." E o que você gostaria que estivesse além do seu horizonte? "Vou parafrasear Lulu Santos. 'Eu vejo um novo começo de era, com gente fina, elegante e sincera'", brincou.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.