Apresentador deixou o "Fantástico" há um mês e aproveitou para viajar para fora do Brasil. Na última semana, ele ficou em casa em um domingo pela primeira vez em 18 anos

Zeca Camargo durante apresentação do novo formato do
TV Globo/Divulgação
Zeca Camargo durante apresentação do novo formato do "Vídeo Show"

Zeca Camargo está perdido. A ficha de que agora ele tem os domingos livres para fazer o que quiser ainda não caiu. Após 18 anos no "Fantástico", o apresentador muda a rotina para se adaptar ao novo desafio, o comando do "Vídeo Show", e diz não saber o que fazer com tanto tempo disponível.

"De fato vou ter fim de semana. Fiquei um pouco desorientado no primeiro que tive e corri para viajar para fora do Brasil. Na última semana foi a primeira vez mesmo que fiquei em casa e foi bizarro", conta ele, que apresentou o dominical pela última vez em 29 de setembro.

Mas se sábado e domingo serão destinados ao descanso e lazer, a correria da semana vai exigir dedicação. A nova atração, com plateia,   terá pelo menos dois dias intensos de gravação em estúdio e um terceiro repleto de reuniões, o que fará Zeca passar mais tempo em seu apartamento do Rio de Janeiro, na região do Jardim Botânico. O apresentador também possui uma casa em São Paulo.

Do Jornalismo ao Entretenimento

Com o remanejamento dentro da Globo, Zeca deixou de fazer parte do time de jornalistas e agora integra a classe artística da emissora. Mas a mudança não significa que sua profissão será abandonada. "Acho que você não deixa de ser jornalista, né? Quando fiz 'No Limite' também falaram isso e acabei voltando para o 'Fantástico'. Acho que isso é mais uma coisa de querer rotular mesmo, de querer determinar formatos."

Mas não figurar na área de jornalismo do canal tem um ponto positivo. Zeca Camargo agora pode aceitar campanhas publicitárias e aumentar seus rendimentos no final do mês. "Posso fazer merchandising, mas não é uma prerrogativa minha. Faria sem problema nenhum, só ainda não pensei nisso. Acho que não é possibilidade, é consequência."

Fã de TV

Zeca Camargo não apenas trabalha na TV, mas se alimenta dela. Amante de projetos televisivos, lamenta não conseguir ver de tudo, mas jamais abre mão da novela das oito. "Assisto a menos do que gostaria, mas novela, sem dúvida, é o que mais gosto. Com 'Avenida Brasil' montei um esquema de palpites sobre a trama, para entender mesmo. Com 'Amor à Vida' está confuso porque o César (Antonio Fagundes) tem tantos filhos... Mas gosto mesmo da dramaturgia. Eu bebo TV."

Aos 50 anos, o apresentador sente falta do vigor de anos atrás,   já que não consegue mais dar conta de correr atrás de tudo da maneira como gostaria.

"Nunca tive problema com a idade. Minhas amigas que falam que preciso parar de revelar a idade por aí, porque assim elas não podem mentir sobre a delas (risos). A Renata Ceribelli é uma delas. Ela é 364 dias mais nova do que eu. Sobre os 50, só lamento não ter mais energia para fazer tudo. Durmo pouco, agora cerca de seis horas por noite. O grande lance é estar sempre alimentado de desafios na vida. Daí não tem para ninguém."


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.