Apresentadora recebeu Chris Flores em um restaurante no Rio de Janeiro, onde falou sobre a tentativa de suicídio, a internação, a doença que enfrenta e a crise com a Bárbara Evans

Após uma internação em uma clínica psiquiátrica para tratar uma depressão , Monique Evans conversou com Chris Flores , do programa “Hoje em Dia”, da Record. Diagnosticada com bordeline, transtorno de personalidade, a ex-fazendeira contou sobre a crise que a levou a pedir ajuda. “Eu estava de saco cheio, não aguentava mais nada. A gente tem que chegar no fundo do poço para se tratar”, contou ela.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias dos famosos

Monique ainda falou sobre a declaração de que teria tentado se matar, atitude típica de quem tem esta doença. “Essa não foi a primeira vez. Já me joguei do carro em Miami, da janela de um grande amigo meu... Desta vez, só queria ter um alívio. Orei e quando tomei os remédios e só pedi a Deus o seguinte: ‘Eu sei que você está com tanta pena de mim, que está com os braços abertos para me receber. Sei que você vai entender a dor que estou sentindo e peço que me acolha’”, disse ela, que continuo. “Tomei um primeiro remédio para ficar calma, depois um segundo e quando fui ver, já tinha tomado todos. Eu não me lembro de quantos, mas tomei muitos. Eu perco a noção.“

Monique Evans se emocionou ao falar dos filhos e da doença
Reprodução/Record
Monique Evans se emocionou ao falar dos filhos e da doença

Símbolo sexual entre os anos 1970 e 90, Monique foi casada quatro vezes, ficou viúva aos 21 anos e é mãe de dois filhos, Bárbara e Armando. Apesar de uma vida amorosa agitada, a ex-modelo e apresentadora lamenta nunca ter encontrado alguém que a amasse de verdade. "Acho que eu nunca fui amada por ninguém. Acho que minha mãe me ama muito, meu filho, acho que ele me ama, mas não por completo. Ele me ama, mas ele tem reservas. Bárbara fala que me ama muito, mas é um amor ainda muito imaturo, ela ainda vai ter de amadurecer para saber o que é amar de verdade. Mas eu nunca vou cobrar isso dela", disse ela.

Briga com Bárbara e falta de dinheiro

Outro motivo que levou Monique para a clínica foi uma briga com a filha Bárbara Evans , vencedora de “A Fazenda 6”, da Record, e o não cumprimento da filha de lhe dar metade do prêmio de R$ 2 milhões. "Eu já estava de saco cheio, não aguentava mais. Não tem nada a ver com a Bárbara. Nunca foi dito pela Bárbara que eu ia ficar com algum dinheiro. Fiquei sem dormir cuidando da Bárbara na Fazenda, sendo xingada por todas as torcidas detonando ela e me detonando. Eu que não estava lá, que não vou ganhar nem um tostão?”, disse Monique.

Mesmo tirando qualquer culpa da filha, Monique não está falando com Bárbara por ordens médicas. “Não estamos nos falando. Minha médica acha que eu tenho que ter a minha hora para falar com ela. Eu não sei se ela vai falar alguma coisa e me magoar e começar tudo de novo. Não posso cobrar nada, porque eu sei que eu não quero que ela venha me ver.”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.