A sister usou o Twitter para desabafar e dizer que a emissora mudou as regras do BBB13 e não permitiu que ela continuasse tratamento com remédios durante o confinamento, diferentemente de 2007, quando participou pela primeira vez

A ex-bbb Fani Pacheco usou o Twitter nessa terça-feira (2) para desabafar sobre um momento difícil que está passando: a volta da depressão.

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe todas as notícias dos famosos

Em resposta a uma seguidora dela na rede social, a sister disse que a produção do “Big Brother Brasil”, da Globo, não permitiu que ela levasse seus remédios para o tratamento de sua doença e isso fez com que a depressão, que há anos ela luta contra, reaparecesse: “Não estou inconformada porque não ganhei, estou triste porque jogaram seis anos de tratamento da minha doença no lixo e eu estou com depressão".

A mesma seguidora voltou a questionar Fani após o desabafo. “Mas aí, nesse caso, foi um risco que você assumiu aceitando entrar no programa, neh?”. A ex-bbb logo respondeu: “É, mas em 2007 deixaram eu tomar o remédio, né?! Porque mudaram as regras? Será que se eu tivesse diabetes me deixariam sem insulina?”, escreveu Fani.

Finalizando seu desabafo, a fluminense agradeceu aos fãs pelas mensagens de apoio e disse que viveu os piores momentos de sua vida durante o BBB13: “Gente muito obrigada pelo carinho e compreensão, realmente só eu sei as batalhas diárias que eu tive que vencer, estar com uma tristeza profunda, sem 'motivo' aparente, desmotivada, com corpo dolorido, tendo que disfarçar, com vontade de sumir no espaço. Ser abduzida. E isso não era um sentimento racional, era uma angústia e uma impotência desesperadora. Foram, sem dúvida, os piores dias da minha vida”, desabafou Fani.

A emissora não respondeu especificamente se a participante foi proibida ou não de levar seus próprios medicamentos, mas declarou, por meio da Comunicação Globo, que "os participantes são monitorados permanentemente por uma equipe de médicos que acompanha o programa e têm à disposição todos os medicamentos que necessitam".



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.