A apresentadora da RedeTV! vai comandar o "Sob Medida", que propõe uma transformação no estilo de vida e no visual do participante, e assume que ela própria tem dificuldade com mudanças radicais, especialmente no corte de cabelo

Após 10 meses de licença-maternidade, Daniela Albuquerque está de volta à TV. A apresentadora do extinto “Manhã Maior”, programa diário que apresentava ao lado de Regina Volpato , passa a comandar o “Sob Medida”, reality show que propõe dar uma repaginada total no participante, tanto no estilo de vida como no visual, a exemplo da atração americana "Queer Eye for the Straight Guy".

Para a transformação, Daniela conta com a ajuda de quatro especialistas: Léo Muqui (moda), Kadu Dantas (lifestyle), Thiago Braga (hairstylist) e Caio Paoliello  (arquiteto). “Estou muito feliz com a oportunidade de mostrar um lado mais descontraído, que o público ainda não conhece”, diz a apresentadora sobre o programa que estreia em 7 de março, quinta-feira. Apesar de dedicar a maior parte de seu tempo ao novo projeto, ela ainda continuará no comando de “Dr. Hollywood” pelo quinto ano. “É a menina do olhos e foi ele que já me levou ao primeiro lugar de audiência, que me ensinou muita coisa”, diz ela.

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos

Daniela ainda se divide na função de mãe da pequena Alice , que completa um ano em abril,  e de dona de casa - no caso, de uma enorme mansão na Grande São Paulo, considerada uma das maiores do Brasil. A mulher de Amilcare Dallevo , dono da RedeTV, fala ainda na entrevista ao iG  sobre as dicas de moda que dá para o marido, a experiência como mãe de primeira viagem e a expectativa para 2013, após um período mais duro que passou ao lado de Amilcare, no comando da RedeTV!

iG: O que pretende com o "Sob Medida"?
Daniela Albuquerque
: Quero que o programa dê muita audiência, tenha muitos patrocinadores, seja um sucesso e que venha pra ficar. Estou muito animada, trabalhando bastante. Vou poder mostrar um lado mais descontraído, faço bastante (gravações) externas. Vou até à casa das pessoas, tenho uma liberdade maior do que no estúdio.

iG: Você interfere, de alguma forma, no comando da RedeTV como primeira-dama?
Daniela Albuquerque :De forma alguma. São coisas totalmente distintas. Meu marido toma conta, eu sou uma funcionária da RedeTV! Sou uma apresentadora a qual a direção deposita uma confiança em mim para novos projetos, como este.

iG: No “Sob Medida” você propõe transformações ao participante. É uma pessoa que gosta de se submeter a mudanças?
Daniela Albuquerque
: A mulher é mais difícil para aceitar mudanças. Eu, particularmente, me apego às coisas, não gosto de transformações radicais. Mexer no meu cabelo então... Quando criança, minha mãe cortou meu cabelo joãozinho e fiquei com trauma até hoje. Sempre alguém tem que ir comigo ao cabeleireiro. Só corto as pontinhas, quase não dá para perceber

iG: Usa as dicas de moda que aprende no programa em casa, com o Amilcare?
Daniela Albuquerque : Um dia desses eu vi que estava na moda dobrar a barra da calça e falei para ele fazer o mesmo, que ia ficar bem melhor, dá um ar mais jovem. Eu gostei. E apesar de um estilo mais clássico, de empresário, para o trabalho, em casa ele é mais tranquilo, mais despojado.

iG: No programa também há dicas de decoração. Aplica algumas ideias na nova casa?
Daniela Albuquerque : Sempre gostei muito de decoração. Chegava em casa, quando menor, e mudava algumas coisas, para dar um aspecto de casa nova. Agora decorei o quarto da Alice sozinha, mas não fiz muitas mudanças. A casa nem está toda decorada, ainda não tive tempo por causa de tantas funções.

iG: Como está a experiência de Daniela como mãe?
Daniela Albuquerque : É o melhor presente do mundo. Amo ser mãe, participo de todos os momentos dela. Tenho uma pessoa que me ajuda, mas quero estar presente sempre, dar banho, fazer a papinha, colocar para dormir. Eu amamentava até há pouco tempo, quando ela fez 10 meses. Quero estar com ela sempre.

iG: Teve alguma dificuldade como mãe?
Daniela Albuquerque : O mais difícil é escovar os dentinhos dela, no caso apenas dois. Ela pega minhas mãos com uma força e não quer soltar mais. Mas eu adoro. E ela não para também. Mas graças a Deus existe a “Galinha Pintadinha” (desenho que é fenômeno entre as crianças) para acalmá-la. Eu coloco lá e é um sucesso.

iG: Copmo foi 2012 para você e o que espera de 2013?
Daniela Albuquerque : Foi um ano difícil (para a Rede TV!), tivemos dificuldades, passamos por momentos mais duros. Mas aí teve a minha gestação e o melhor presente da minha vida, minha filha Alice. Nada se compara a isso. É um momento muito especial. Ela veio cheia de saúde, até hoje ela nunca ficou doente. E 2013 está sendo maravilhoso, ao lado dela e com este novo projeto maravilhoso, que tenho certeza que vai dar certo. Só posso ter o pensamento de coisas boas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.