Atriz mostra o corpo magérrimo nove meses após dar a luz à filha na festa de “Flor do Caribe” e fala sobre a rotina de trabalhar e ser mãe


Apesar de usar um vestido mais largo, Grazi Massafera mostrou que já está de volta à boa forma nove meses após dar à luz  Sofia , de seu casamento com Cauã Reymond . Na festa de lançamento de “Flor do Caribe”, próxima novela das seis, na noite deste sábado (23), em São Paulo, a atriz garantiu que não tem feito muita coisa para manter o corpo. “Achei que depois da gravidez fosse ficar um pouco com aquela volúpia toda que vem, quadril maior, umas curvas, mas está tudo sumindo, indo embora! Não estou mais amamentando, mas foi uma coisa que me ‘sugou’ bastante. Quando eu estava em Natal gravando subia e descia dunas e aquilo deixou minhas pernas de uma maneira que não precisava fazer nada, estava feliz da vida. Aí, voltei para o Rio e não dá tempo. Estou ainda me adaptando a essa nova rotina, que quem é mãe sabe. Ela (Sofia) ainda não tem um aninho e eu estou voltando a trabalhar, então estou me adaptando a isso”, contou em entrevista ao iG Gente.

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe todas as notícias dos famosos

Grazi ainda derreteu-se ao dizer que a filha não tem dado trabalho. “Desde que nasceu amamentou certinho, dorme muito bem. Criança dá trabalho, mas não um que assusta. Ainda mais que eu já fui babá, cuidei dos meus irmãos, primos, então não é aquele susto a maternidade. Para mim, é muito natural. Sonhei a vida toda com esse momento”, declarou.

A atriz, que já negou se sentir culpada por deixar a filha em casa para ir trabalhar, falou que mesmo assim não tem como ‘se desprender’ de Sofia. “Desprender? Essa palavra não existe, nunca mais! (risos) Mas tenho orgulho da minha mãe, que sempre trabalhou desde muito cedo para sustentar a gente, tenho orgulho dessa qualidade dela. E minha filha já nasceu em um mundo muito dourado, ao mesmo tempo em que queria ficar um tempo só pra cuidar dela, pensando assim alivia um pouco mais a minha culpa de voltar a trabalhar”, explicou.

Sobre a personagem Esther, protagonista de “Flor do Caribe”, Grazi assumiu que ela é uma mocinha ‘à moda antiga’. “É uma daquelas mocinhas que não erra, politicamente correta. Hoje em dia vem mudando isso um pouco, estão pegando protagonistas mais errôneas, que não são tão politicamente corretas, o que não é o caso da Esther. Walther Negrão [autor] escreveu uma novela bem tradicional. Esse é um desafio”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.