Gloria Perez e Walcyr Carrasco usaram a rede social para comentar movimento evangélico contra a minissérie “O Canto da Sereia”

Glória Perez
Claudio Augusto
Glória Perez

Walcyr Carrasco e Gloria Perez usaram o Twitter para se manifestar contra um protesto evangélico que está atacando a nova série da Globo, “O Canto da Sereia”, que estreia nesta terça-feira (8). Há uma tentativa de boicote, iniciada na página do Facebook de um pastor, devido ao fato de a protagonista da série, interpretada por Isis Valverde , ser bissexual. “Eta globo que não desiste ... Mas estamos aqui pra isso, pra sermos profetas e denunciar o pecado... medite neste estudo”, inicia o texto contra a atração.

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe todas as notícias dos famosos

Leia mais : 'Salve Jorge' ou 'Adoradores de Ogum'?: novela causa guerra santa na internet

Gloria Perez, que cuida da supervisão de texto da trama e passou por situação parecida na estreia da novela “Salve Jorge” , foi a primeira a se manifestar: “Fizeram a mesma coisa com #SalveJorge ! Que medo desse modo talibā de ser!”, escreveu a autora em seu Twitter.

Também indignado com manifestação contra a minissérie, Walcyr deu sua opinião em seu perfil no Twitter. “Vamos lutar por liberdade de criação. Digam não à campanha contra o #Canto da Sereia”, escreveu o autor, que será responsável pela próxima novela das nove da Globo. “Seja católico, evangélico, budista, espírita ou rosacruz como eu, a fé transforma. É sobre isso que vou falar na novela. Meu tio era pastor presbiteriano e meu primo missionário na África. Falarei com amor sobre os evangélicos”, adiantou ele.

Walcyr Carrasco
Divulgação
Walcyr Carrasco


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.