Prestes a estrear um talk show na RedeTV!, a apresentadora fala sobre comparações com Hebe Camargo, a crise na emissora e critica a ausência dos globais em outros canais

Com seu jeito bem-humorado, Luciana Gimenez recebeu a imprensa nesta quarta-feira (21) para falar sobre seu novo programa, “Luciana By Night”, nos estúdios da RedeTV!, na Grande São Paulo. A apresentadora contou que o projeto é inspirado nos ‘late night shows’ americanos e que sempre quis comandar algo do gênero. “É um programa geralmente apresentado por homens e eu não sou transexual, já tive filho para provar. (risos). Gosto muito dos late shows dos Estados Unidos, eu tinha vontade de apresentar um, mas como o 'Superpop’ deu supercerto, acabamos esquecendo essa ideia", disse ela. "Com redução da carga horária do 'Superpop’ por causa dos meus filhos, porque não consigo ficar longe deles, e como as terças, que tinham o 'Programa da Hebe ', ficaram livres, começaram a lembrar do projeto do talk show. Aí, eu me empolguei e quando vi estava tudo pronto.”

“É um programa geralmente apresentado por homens e eu não sou transexual, já tive filho para provar”

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

O programa, que até o momento já está gravado até fevereiro, estreia nesta terça-feira (27), às 23h. Segundo Mônica Pimentel , superintendente artística da RedeTV!, a data não é à toa. “Nas férias todo mundo baixa a guarda e começa a por reprises, sem coisas novas. Então, achamos uma boa oportunidade, pois é uma época que tem poucas novidades na televisão”, disse.

Devido ao dia e horário do “Luciana By Night” serem os mesmos do “Programa da Hebe”, surgiram comparações entre as duas apresentadoras. Luciana garantiu que não tem nada a ver. “As terças foram minhas por oito anos, com o ‘Superpop’. Então, na verdade, é a volta dos que não foram”, comentou. 

Esse programa não tem nenhuma semelhança com o da Hebe. Nem o gênero é parecido”

Já Mônica Pimentel fez questão de deixar claro que as atrações são muito diferentes. “Esse programa não tem nenhuma semelhança com o da Hebe. Nem o gênero é parecido. Em relação a outros programas, como o da (americana)  Ellen Degeneres , o que diferencia são as características dos apresentadores. Então, jamais o programa da Luciana vai parecer com qualquer outro. A gente não copiou ninguém, só seguimos mesmo uma tendência.”

Todo mundo sabe que no Brasil tem essa dificuldade, a Globo não libera seus artistas. Nos Estados Unidos, por exemplo, não tem isso. Acho uma besteira”

Luciana Gimenez criticou a Rede Globo por não liberar seus artistas a darem entrevistas em outras emissoras e elogiou a atidude da Band e Record, que deixaram Danilo Gentili e Ana Hikcmann , respectivamente, serem entrevistados na RedeTV!. “Todo mundo sabe que no Brasil tem essa dificuldade, a Globo não libera seus artistas. Nos Estados Unidos, por exemplo, não tem isso. Acho uma besteira porque as pessoas deveriam ir a todas as emissoras. Eu sei que as pessoas preferem a Globo. Eu fico triste porque queria que os artistas da Globo viessem no meu programa, assim como eu gostaria de ir aos programas de lá. O Danilo Gentili veio aqui e eu fui lá. A Ana [Hickmann], que é da Record, também. Eu fui lá e até beijei a loira. Foi uma loucura. Só falta eu chamar o Jô Soares , né?”, brincou.

Tirando os globais, Luciana afirmou que não está tendo dificuldade em levar convidados ao seu talk show. “As pessoas estão aceitando superbem. A abordagem é diferente do ‘Superpop’. É uma coisa mais intimista”, avisa.

Para mim está tudo certinho”, sobre crise na Rede TV!

Luciana pouco falou sobre as notícias de que a RedeTV! estaria em crise e com o salário de vários funcionários atrasado. “Para mim, está muito bom, né? Porque estou estreando programa novo, com cenário novo, mais um dia no horário nobre. Eu, Luciana, não posso falar nada, a Mônica [Pimentel] e o Marcelo [de Carvalho , vice-presidente da RedeTV! e marido de Gimenez] podem falar melhor. Mas para mim está tudo certinho”, respondeu.

Já Mônica confirmou que foi um ano ruim para a emissora, mas também não comentou sobre os pagamentos não estarem em dia. “O clima de todas as pessoas que estão envolvidas é de comprometimento e empenho, com a viabilização de produtos novos, estreias, resultados positivos. Então, não é uma pergunta que me cabe responder em relação a pagamentos, pois não é meu departamento. O que vocês podem ver e que as pessoas estão muito entusiasmadas. Acho que 2012 foi um ano muito difícil realmente para a RedeTV!, mas em 2013 as coisas vão caminhar em trilhos muito ajustados e corretos. As pessoas vão estar muito satisfeitas com o ambiente de trabalho e os resultados que a gente pode conseguir”, disse.

Tenho dificuldade de deixar os meus filhos em casa. Filho é a coisa mais importante do mundo para mim”

Mãe coruja declarada, Luciana Gimenez tem tido dificuldade em ficar longe dos filhos, Lucas , de 12 anos, - de seu relacionamento com Mick Jagger -, e Lorenzo Gabriel , de 1 ano e 8 meses – de seu atual casamento com Marcelo de Carvalho. “Para o trabalho, a maternidade me atrapalha um pouco. Porque eu tenho dificuldade de deixar os meus filhos em casa. Filho é a coisa mais importante do mundo para mim. Eu tenho uma divisão, tenho vontade de ser dona de casa e ficar com meus filhos, mas também adoro trabalhar”, contou.

A apresentadora assumiu que abriu mão de algumas coisas para esse seu novo projeto na televisão. “Mas isso é normal. Agora, meu marido está ficando mais com meus filhos, ele chega mais cedo em casa e fica com eles enquanto eu trabalho; alguns dias eu deixei de por eles para dormir. Mas faz parte. Acho que não é em abrir mão, é abrir uma janela para fazer algo que estou gostando”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.