Atriz concedeu entrevista exclusiva ao iG Gente, em que falou sobre sua personagem em “Guerra dos Sexos”, sua primeira vilã na televisão

Sempre cheia de estilo, Mayana Moura não poderia estar diferente na inauguração da flagship da grife de bolsas Longchamp Jean Cassegrain no shopping JK Iguatemi, em São Paulo, na noite desta terça-feira (6). A atriz optou por um look todo preto, com um vestido decotado e um forte batom vermelho para completar o visual.

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

Em conversa exclusiva com o iG Gente durante o evento, Mayana falou sobre sua primeira vilã na televisão, a Veruska de “ Guerra dos Sexos ”. “Ela é uma vilã das piores. Porque tem muitas pessoas que acham que a Melina (sua personagem em ‘Passione’) foi vilã e eu não concordo. Acho que ela era passional, apaixonada, inconsequente, mas não vilã. Veruska, sim. Se fosse perguntar para mim o tipo de pessoa que tenho mais medo, é esse: que se faz de sua amiga, que ri para você, prestativa, mas nas suas costas está te sabotando, pegando seu marido, acabando com sua vida. A Veruska é esse tipo de pessoa, ela é terrível”, declarou.

CONFIRA: "Guerra dos Sexos": compare os personagens do remake com o original

Atuando ao lado de grandes atores, como Tony Ramos e Irene Ravache , Mayana não se sente pressionada. “Já trabalhei com o Tony antes. E a Irene é ótima, muito engraçada. E por ser uma comédia, que eu nunca fiz antes, está sendo tudo novo para mim, mas muito legal, estou aprendendo muito”, comentou.

Além da novela, Mayana também está com um novo trabalho no cinema. Ela acabou de filmar o longa “O Tempo e o Vento”, dirigido por Jayme Monjardim , uma adaptação de “O Continente”, de Erico Veríssimo . “Foi um grande sonho fazer este trabalho. Estou muito ansiosa para a estreia, em 2013”, disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.