"Avenida Brasil": Roni é expulso do time por ser gay

Jogador contará para Leandro sobre sua orientação sexual e receberá represália

iG Gente |

O preconceito mais uma vez reinará no Divino, bairro fictício de " Avenida Brasil ". Roni ( Daniel Rocha ), que já deixou de ir para um time maior porque um olheiro disse que não aceitava pessoas "diferentes" em seu clube, desta vez será expulso do seu próprio time.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

Ao saber que Leandro ( Thiago Martins ) vai jogar em um clube da primeira divisão, Roni resolve ter uma conversa definitiva com o amigo e contar sobre sua orientação sexual. A conversa acontece no clube do Divino e um outro jogador ouve toda a revelação e começa a contar para as pessoas. A história logo cai no ouvido de Diógenes ( Otávio Augusto ), que fica inconformado com toda a situação.

VEJA FOTOS:  Ísis Valverde e Thiago Martins se beijam em gravação de novela

Para não manchar a imagem do time, Roni é convidado a deixar o clube. O jogador fica revoltado com  o preconceito e se vê sem Suelen ( Ísis Valverde ), Leandro e o futebol, mas vai tentar dar a volta por cima e seguir com a carreira de estilista.

Leia tudo sobre: Avenida Brasil]

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG