Programa estreia sua quinta temporada na Record nesta terça-feira (04)

Nesta terça-feira (04), começa mais uma edição do “Ídolos”. A quinta transmitida pela Record, mas a sétima brasileira, já que os dois primeiros anos do reality foram no SBT. O canal foi detentor nos dois primeiros anos dos direitos da versão verde-e-amarela do formato do programa britânico "Idols". Foi na casa de Silvio Santos que Leandro Lopes e Thaeme Mariôto – hoje, integrante da dupla Thaeme e Thiago -- se tornaram os primeiros vencedores da atração.

Rodrigo Faro

“Ídolos” estreou na Record em 19 de agosto de 2008. Desde então, quem comandava a atração era Rodrigo Faro . “É uma grife na minha carreira. É um programa maravilhoso. Você dizer que nos EUA é o Ryan Seacrest que apresenta e no Brasil é o Rodrigo Faro é sensacional” , comentou Rodrigo em entrevista ao iG.

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe todas as notícias dos famosos

Apesar da paixão pela atração, Rodrigo passou o bastão para Marcos Mion na nova temporada, já que vai comandar outros programas da casa. Antes de deixar o posto, deixou alguns conselhos para Marcos Mion. Na coletiva do programa, o novo apresentador falou sobre o novo desafio: “Faro me avisou que eu ia cansar e, de fato, é exaustivo”.

Jurados

Não foi só o apresentador que mudou ao longo dos anos. A bancada do júri também sofreu constante alteração. Durante os dois anos de SBT, a atração contou com Arnaldo Saccomani , Cynthia "Cyz" Zamorano , Carlos Eduardo Miranda e Thomas Roth para eleger o vencedor.

Na Record, o único que segue desde o início é Marco Camargo . O produtor musical já teve como parceiros Paula Lima e Luís Calainho , de 2008 a 2010; e Luíza Possi e Rick Bonadio , em 2011. Já em 2012, Marcos Camargo ganhou novos colegas de bancada. Fafá de Belém e Supla assumiram os postos e vão ajudar na seleção de um novo ídolo da música.

Fafá, eleita a chorona da edição, disse que quer eleger a primeira vencedora da atração. Enquanto o programa está na Record, apenas homens venceram o reality. A única mulher que ganhou o reality foi Thaeme, quando a atração ainda era do SBT.

Os vencedores

Cinco homens e uma mulher já venceram a atração. Em 2006, na primeira edição do reality, Leandro Lopes levou a melhor. Dois anos depois da vitória, o músico recebeu o convite para assumir o lugar de Tomate na banda baiana Rapazolla. Por lá, ficou como vocalista até o carnaval de 2011, quando decidiu seguir carreira solo. No fim do mesmo ano, lançou o álbum “Pica-pau elétrico”. Leandro segue com sua carreira voltada para a música baiana.

Em 2007, foi a vez de Thaeme Mariôto conquistar o público. Na época, a carreira da cantora era voltada para a MPB. Mas após ser apresentada ao compositor Thiago, formou uma dupla e iniciou um projeto sertanejo. A dupla acaba de lançar o DVD “Ao Vivo em Londrina”.

Rafael Barreto foi o primeiro vencedor do “Ídolos” na Record. O cantor venceu a edição de 2008 e gravou o CD “Pensando em Você” no ano seguinte. Em 2011 lançou o álbum “Tá na cara”, já dedicado à música sertaneja.

Em 2009 foi a vez de Saulo Roston se tornar o novo ídolo. Uma curiosidade marca a carreira do cantor: se no palco mostra a potência de sua voz, longe dos holofotes trava na hora de falar. Gago desde a infância, ele diz que isso nunca foi problema para ele.

Com 16 anos de idade, Israel Lucero foi o vencedor de 2010. Mas parece que quem se deu bem mesmo naquele ano foi Chay Suede . O cantor ficou em quarto lugar, mas foi convidado para estrelas a novela “Rebelde” da Record. Além de estrelar a atração, Chay roda o Brasil com o show do grupo.

Em 2011, o vencedor da atração foi Henrique Lemes . O músico é mais um dos vencedores que tem sua carreira voltada para a música sertaneja. Assim como Israel, ele foi eleito ídolo da atração aos 16 anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.