Nos bastidores do "Encontro com Fátima Bernardes", atriz falou sobre a dificuldade em gravar cena de assassinato em "Gabriela", pela semelhança com episódio trágico em sua vida

Maitê Proença no
Divulgação/TV Globo
Maitê Proença no "Encontro"

Em entrevista ao site do programa "Encontro com Fátima Bernardes" nessa terça-feira (21), Maitê Proença revelou que sua mãe foi assassinada por seu pai por causa de ciúmes.

Siga o iG Gente no Twitter 

A atriz contou ao site da atração que teve dificuldades para gravar a cena em que Sinhazinha, sua personagem em "Gabriela" , é assassinada pelo marido, Jesuíno ( José Wilker ), após ser flagrada na cama com o amante, Osmundo ( Erik Marmo ).  Veja a cena no fim da matéria.

"Vivo com as lembranças, elas fazem parte de mim. Quando a gente vai fazer qualquer personagem tenta manter um distanciamento, mas sempre trazemos elementos, bagagem emocional. Foi muito difícil ter feito a morte da Sinhazinha, mas a cena tinha que ser feita, eu fiz", disse a atriz. 

LEIA MAIS: Maitê Proença prestigia festa do diretor de "Gabriela"

Maitê falou também sobre suas semelhanças com a personagem da novela. "Ah, eu me jogo mesmo, sou assim. Faço antes e só depois vou parar para pensar", contou.

CONFIRA AQUI: Famosas discutem traição e infidelidade ao vivo na TV iG

Esbanjando beleza aos 54 anos, a atriz disse ainda que gosta de ser reconhecida apenas por seu trabalho. "Beleza é dom. Tem que agradecer a Deus e aos pais. Gosto de ser elogiada pelo que eu faço, especialmente pelo que escrevo". 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.