Atriz falou sobre os personagens de “Avenida Brasil”, Débora, que ela interpreta, Jorginho, vivido por Cauã Reymond, e Iran, papel de Bruno Gissoni

Nathalia Dill se assustou um pouco com a quantidade de fotos que fizeram dela assim que chegou ao lançamento da coleção de verão da marca Santa Lolla, em São Paulo, na noite desta segunda-feira (13). “Vai doendo um pouco o olho com o flash, uma hora tem que parar”, brincou a atriz, que sabe que tudo é efeito do sucesso de sua personagem Débora, em “ Avenida Brasil ”. “Além do papel, tem o sucesso da novela. É um conjunto, virou uma unidade. É muito legal fazer parte deste projeto”, completou.

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

Na trama, Débora começa a se envolver com o Iran, vivido por Bruno Gissoni,  melhor amigo de Jorginho, seu ex-namorado, interpretado por  Cauã Reymond . Para a atriz, sua personagem pode ficar tanto com um quanto com outro. “Se o Jorginho vier bem arrependido, com o coração aberto, como ele nunca veio, vale a pena, porque a Débora gosta muito dele. Mas acho que se ele não estiver assim e o Iran vier com a disponibilidade de fazê-la feliz, ela tem que ser feliz”, opinou a atriz.

LEIA MAIS:  Nathalia Dill: “Talvez Débora seja a verdadeira mocinha”

Nathalia ainda apoiaria que Débora perdoasse Jorginho, mesmo depois de ele tê-la deixado duas vezes por Nina ( Débora Falabella ). “Se for um perdão sincero, acho que é válido. Acho que uma volta é sempre honesta, o perdão e uma segunda chance estão sempre aí, acho importante”, afirmou.

Gravando praticamente todos os dias, Nathalia pretende descansar só quando a novela chegar ao fim, em outubro. “Não tenho nada fechado. Vou ver umas coisas de teatro, que estou com vontade de fazer e filmes. Mas uma praia é bom também”, disse, entre risos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.