'Que Rei Sou Eu?' volta à TV vinte e três anos depois

Clássica novela estrelada por Edson Celulari e Giulia Gam estreia no Canal Viva

Lufe Steffen, especial para o iG Gente |

Canal Viva
Giulia Gam é uma das protagonistas de "Que Rei Sou Eu?", que volta no Canal Viva a partir desta segunda (07)


Uma das novelas mais queridas da TV volta ao ar nesta segunda (07). "Que Rei Sou Eu?" estreia no Canal Viva, que está completando dois anos de existência, matando as saudades do público.

Leia também: Giulia Gam: "Achei que não fosse conseguir voltar a atuar"

A novela foi exibida originalmente entre fevereiro e setembro de 1989, às 19h. Ao sair do ar, deu lugar para "Top Model" - que, curiosamente, também está sendo reprisada no Canal Viva , desde dezembro.

Canal Viva
Betty Goffman (com Tato Gabus e Cláudia Abreu) fez uma participação especial como a Princesa Ingrid

"Que Rei Sou Eu?" fez tanto sucesso, que foi reprisada logo após seu término - entrou no ar às 17h, na finada "Sessão Aventura", numa reprise compacta de dois meses. Depois, nunca mais voltou à tela. Ressurge agora, na íntegra, 23 anos depois.

Leia também: Maria Adelaide Amaral escreverá remake de "Que Rei Sou Eu?"

Canal Viva
Aracy Balabanian, Edney Giovenazzi, Vera Holtz e Tato Gabus em cena da novela

A razão do sucesso da novela teve muito a ver com o momento político do Brasil. Em 1989, o país se preparava para a primeira eleição direta de presidente da república desde 1960. O clima era de euforia pela redemocratização, mas ao mesmo tempo continuavam os escândalos e falcatruas políticas.

Diante desse panorama, o autor Cassiano Gabus Mendes criou uma história de capa e espada, misturando obras como "Os Três Mosqueteiros", "O Conde de Monte Cristo", "Robin Hood" e "O Príncipe e o Mendigo", para fazer uma sátira irresistível ao Brasil.

Canal Viva
Daniel Filho e Marieta Severo tiveram papéis de destaque na trama medieval

Assim, a trama se passava num fictício Reino de Avilan, onde a corrupção tomava conta, deixando os pobres cada vez mais miseráveis, enquanto a classe rica se beneficiava - incluindo os políticos, aqui representados pelos famigerados conselheiros do reino. Para compôr sua alegoria, Cassiano retratou uma realeza corrupta e alienada, obviamente simbolizando o governo brasileiro da época.

Canal Viva
Cláudia Abreu viveu a romântica Princesa Juliette, que se apaixona pelo mendigo e falso rei Pichot (Tato Gabus)

A história começa quando a Rainha Valentine ( Tereza Rachel ) fica viúva. Com a morte do Rei, Avilan fica sem líder. Os conselheiros resolvem então colocar um testa de ferro no trono, e elegem para tanto o mendigo Pichot ( Tato Gabus ). A farsa é arquitetada com a ajuda do bruxo Ravengar ( Antônio Abujamra ).

Mas uma revolta popular está sendo armada por baixo do pano. À frente dos rebeldes, está o herói Jean Pierre ( Edson Celulari ), filho bastardo do falecido Rei, e que pretende tomar o trono que lhe pertence.

Canal Viva
Vinte e três anos depois, o ator Antônio Abujamra ainda é chamado de "Ravengar" nas ruas

Com essa trama rocambolesca digna de filmes de aventura, o autor pôde destrinchar toda sua sátira deliciosa e hilariante, repleta de tipos inesquecíveis que conquistaram o público da época - principalmente o setor infanto juvenil, que colecionava o álbum de figurinhas da novela, lançado pela Globo no mercado.

Canal Viva
Carlos Augusto Strazzer, John Herbert e Laerte Morrone: três grandes atores, já falecidos, hilários como os conselheiros de Avilan

Personagens como a Rainha Valentine, o bobo da corte Corcoran ( Stênio Garcia ), Ravengar e Aline ( Giulia Gam ) marcaram época, sem falar no time de debochados conselheiros e seus absurdos planos econômicos, que parodiavam a política do Brasil. Difícil dizer qual conselheiro esteve mais perfeito: Vanolli ( Jorge Dória ), Crespi ( Carlos Augusto Strazzer ), Gaston ( Oswaldo Loureiro ), Bidet ( John Herbert ) ou Gerard ( Laerte Morrone ). E ainda havia as participações especiais, como Dercy Gonçalves , que roubou a cena encarnando a Baronesa Lenilda, mãe da Rainha Valentine.

Relembre a vida de Dercy Gonçalves

Canal Viva
Dercy Gonçalves viveu a Baronesa Lenilda Eknésia, uma participação especial memorável

"Que Rei Sou Eu?" foi também a novela que lançou Edson Celulari como protagonista. Até então, o ator fazia papéis coadjuvantes. A partir dali, seria alçado ao posto de astro da emissora. Vieram "Deus nos Acuda" (1992) e "Fera Ferida" (1993), consolidando sua imagem de galã.

Canal Viva
Edson Celulari era Jean Pierre, o herói da história e herdeiro do trono

Com a reprise da novela no Canal Viva, alguns atores estão no ar em dose dupla ou até tripla. Cláudia Abreu atua em "Que Rei Sou Eu?" e "Barriga de Aluguel", ambas no Viva , além de " Cheias de Charme " na Globo. A recordista é Vera Holtz , que está em três novelas no Viva: "Que Rei Sou Eu?", "Barriga de Aluguel" e "Top Model", e ainda vive a Mãe Lucinda de " Avenida Brasil ", na Globo.

"Que Rei Sou Eu?" será exibida no Canal Viva de segunda a sexta, à 00h15, com reprise ao meio-dia.

Canal Viva
Dercy Gonçalves, Tereza Rachel, Cláudia Abreu e Natália do Valle em cena da novela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG