Rangel, que canta junto com Ronny, foi perseguido por vítima após fugir do local da colisão

Ronny & Rangel
Reprodução Facebook
Ronny & Rangel
Rangel , da dupla Ronny & Rangel, sofreu um acidente na madrugada desta quinta-feira (30) após bater seu carro em um outro automóvel na Rodovia dos Bandeirantes. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária Estadual de São Paulo, o cantor foi preso perto de Itupeva, por suspeita de embriaguez ao volante.

Em uma velocidade de 160 km/h, Rangel foi perseguido pela vítima após fugir do local da colisão. Só parou em Campinas, no interior de São Paulo, onde prestou esclarecimentos e foi liberado. À Polícia Civil, ele confessou ter bebido vodca e cerveja em uma festa na capital paulista, mas não quis fazer o teste do bafômetro. Por isso, foi levado para exame clínico no Instituto Médico-Legal (IML), onde será atestado se ele estava embriagado ou não.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

“Tô sofrendo por amor, bebi para sofrer de amor, errei ao pegar o carro e sair sem estar consciente do que fazia, peço desculpa aos fãs e amigos! Rangel", escreveu o cantor no Facebook oficial da dupla. Após uma discussão com a noiva, ele saiu para se divertir com os amigos, parafraseando um das músicas que a dupla canta em seus shows ("Vou sim/quero sim/posso sim/minha mulher não manda em mim").

“Ele brigou com a noiva, saiu com os amigos e misturou os remédios para a pressão com bebida alcóolica. O efeito foi potencializado”, diz produtor da dupla, Allyson Kleber .

Rangel está em sua casa em Piracicaba, onde fará o próximo show dia 8 de julho. Sobre seu relacionamento com a namorada, o produtor desconversa: “Eles voltaram, está tudo tranquilo”.

Declaração de Rangel um dia após o acidente
Reprodução/Facebook
Declaração de Rangel um dia após o acidente

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.