A filha de Fábio Jr fala sobre paixão, a relação com os irmãos Fiuk e Cleo Pires e a espiritualidade em família

Tainá Galvão:
Beto Lima
Tainá Galvão: "Eu andava quebrando muito vidro e falam que é mau-olhado. Tomei banho de sal grosso e também tenho um crucifixo que foi benzido em seis lugares do mundo"
Batizada na igreja católica, de ascendência armênia por parte de mãe, a artista plástica Cristina Karthalian , a cantora Tainá Galvão acredita em sinais e acha que nada na vida é por acaso. A filha de Fábio Jr. e irmã de Cleo Pires e Fiuk reza muito para Deus, respeita o budismo e o espiritismo, mas na hora do sufoco recorre a uma receita caseira, que aprendeu com o seu pai: banho de sal grosso e alecrim.

LEIA MAIS: "As pessoas têm muita expectativa por eu ser filha do meu pai (Fábio Jr.)"

Tainá:
Beto Lima
Tainá: "Agora não queria me envolver com ninguém, mas a gente não manda no coração"

iG – Você fala muito “Fica com Deus”, “Vai com Deus”. Você é religiosa?
Tainá Galvão -
Fui batizada em igreja católica, a família da minha mãe é armênia, gosto muito de espiritismo, budismo. Também nisso sou muito parecida com meu pai. A gente reza o dia inteiro, faz sinal da cruz, diz amém. Tem uma frase que a gente diz: “Assim seja, amém, amor”. Eu fiz um adesivo com ela e coloquei na cabeceira da cama do meu pai. Na hora do sufoco, eu sigo outro conselho que recebi dele: tomo banho de sal grosso e depois de alecrim, que ele me ensinou a fazer.

iG – É para te proteger?
Tainá Galvão
– Eu andava quebrando muito vidro e falam que quebrar vidro é mau-olhado. Isso começou a acontecer quando eu comecei a aparecer mais. Então eu tomei banho de sal grosso e depois de alecrim. Também tenho um crucifixo que foi benzido em seis lugares do mundo. Sou muito ligada nisso.

iG – Você tem namorado?
Tainá Galvão
- Então, agora eu tenho, estamos juntos há três meses, é meio cedo ainda para falar. Ele é o tipo de homem que eu gosto. Eu já fui noiva, ficamos juntos três anos, chegamos a morar juntos durante um ano e meio. Não estava mais dando certo e eu terminei. Eu sou muito apaixonada, quando me apaixono é muito intenso, muito forte. Não queria passar por isso agora, mas a gente não manda no coração. Da minha maneira, eu já amei muito.

Tainá Galvão:
Beto Lima
Tainá Galvão: "Sou muito sensível, e me entrego muito de cabeça nas coisas que eu faço"

“Não tomo a dianteira. Homem tem que ser homem, mulher ter que ser mulher.”

iG – Quando você está a fim, você vai à luta? Ou espera o homem chegar?
Tainá Galvão
- Não tomo a dianteira. Homem tem que ser homem, mulher tem que ser mulher. Eu gosto muito de homem seguro, de homem que é homem mesmo. Acho o Caio Castro lindo.

Tainá Galvão na piscina da casa de seu pai
Beto Lima
Tainá Galvão na piscina da casa de seu pai
iG – O que você vê quando olha para você mesma?
Tainá Galvão
- Sou uma pessoa muito intensa, eu sofro muito, sou muito feliz, dou muita risada, choro muito. É muito forte, acho que eu puxei isso do meu pai. Já tive de cortar amizades de longos anos que estavam me fazendo mal. E estou mais segura agora, passei da minha fase de insegurança.

iG – Você planeja gravar um CD?
Tainá Galvão
– Ainda estou estudando repertório, melodia, mas ainda não entrei em estúdio. Só participei de alguns shows com o meu pai. Como eu sou muito intensa, tem muito sentimento que não consigo descrever, por isso sou tão apaixonada por música. Meu sonho é conseguir passar para alguém a plenitude que sinto quando ouço uma música que me toca. Nem consigo explicar, de tão forte que é.

iG – O que significam as suas tatuagens?
Tainá Galvão
- Tenho um coração alado no pé e duas estrelas nas costas, a libélula e a palavra destino no pulso e o símbolo do “om”, o primeiro som do universo, também nas costas. Eu sinto muitos sinais. Acho que nada é por acaso. Teve vezes em que eu estava muito mal e perdida, rezava muito para Deus me ajudar e entrava uma libélula no meu quarto. Foram três vezes em que eu estava muito desesperada, em situações diferentes, e ela apareceu. A estrela é o significado do meu nome, “primeira estrela da manhã”. Tatuei duas porque não gosto de ficar sozinha.

CRÉDITOS:

Maquiagem: Carolina Andrade
Cabelo: Ramon Quinhones
Vestido: Arthur Caliman
Sandália: Corello
Balões e mascaras: Rica Festa
Champanhe Veuve Clicquot

A tatuagem de Tainá Galvão:
Beto Lima
A tatuagem de Tainá Galvão: "Quase todo dia sinto a vida me dando dica, me mostrando as coisas"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.