Em entrevista à revista "BRAVO!", ator contou como é ser dirigido e ser diretor

Selton Mello sobre bom humor:
Daryan Dornelles/Divulgação
Selton Mello sobre bom humor: "O humor do diretor dita o humor do filme"
Já consagrado como um dos maiores atores de sua geração, Selton Mello neste ano também alcançou o patamar de um influente diretor graças ao sucesso de o “Palhaço”, que teve mais de 1,4 milhões de espectadores no País.

Considerado uma das revelações de 2011 pelo seu talento por trás das câmeras pela revista "GQ", o ator e diretor, que neste mês é capa da revista "BRAVO", contou que já foi dirigido por diversas pessoas, e que nem sempre foi bom. “Já fui dirigido por gente atenciosa, meticulosa, sem paciência ou que me destratou. Sei como rendo melhor. Conheço as minhas limitações e também as de outros atores. Sei quem é absolutamente intuitivo, quem precisa de conversa, quem não gosta de ensaio. Existem vários tipos de atores e eu conheço esses tipos”. 

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Ainda na publicação, Selton fala da importância do humor nos bastidores de uma produção, e explicou que sua experiência como ator o faz interagir melhor com seu elenco. “Dizem que o humor do palhaço dita o humor do circo. Eu acho que, da mesma forma, o humor do diretor dita o humor do filme” .

LEIA TAMBÉM: Selton Mello é eleito o "Homem do ano de 2011"

Depois de ser eleito o
Daryan Dorelles/Divulgação
Depois de ser eleito o "Homem do Ano de 2011", Selton Mello fala das profissões de ator e diretor para a revista "BRAVO!"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.