O cantor disse que o casal enfrentou alguns problemas, mas não poderia falar por sua ex-mulher

Seal e Heidi Klum
Getty Images
Seal e Heidi Klum
Seal e Heidi Klum - pais de Leni , 7; Henry , 6; Johan , 5 e Lou , 2 – anunciaram a separação no último domingo (22), mas o cantor admitiu que eles ainda podem voltar a ficar juntos.

Siga o iG Gente no Twitter e acompanhe todas as notícias sobre sua estrela favorita

"Eu a amo com todo meu coração. Como você pode não amar alguém com quem você tenha acabado de passar oito anos juntos?", disse ele no programa "Piers Morgan", na rede CNN.

Vote na nossa enquete: Qual casal você quer ver junto novamente?

O músico respondeu ainda se o casal vai voltar a ficar junto. "Você nunca pode dizer nunca, eu não posso falar por minha esposa e eu não vou sentar aqui e dizer que não tivemos problemas. É claro que nós tivemos problemas, caso contrário, por que nos separaríamos?", indagou ele. "Esta não é uma charada. Temos problemas, mas para o nosso crédito sempre fomos capazes de falar sobre eles, de enfrentá-los. Supor que qualquer casal vai viver sem discutir é apenas um absurdo", completou.

FOTOS: Confira as fantasias mais inusitadas de Heidi Klum no Halloween

No entanto, Seal tem ressalvas sobre um retorno neste momento. "Não sei se neste momento eu gostaria de voltar com ela. Se fosse assim tão fácil, nós ainda estaríamos juntos. Eu sempre costumava dizer a minha mulher que a coisa que eu mais amava sobre nós é que somos uma equipe, somos impenetráveis nesse respeito", comentou. "Se voltarmos a ficar juntos ou não, pode acontecer. Não posso falar por ela", repetiu.

Seal, 48, não tirou a aliança desde a separação e diz que vai continuar usando, pois ainda ama Heidi. "Significa para mim e isso representa lealdade, representa memórias incríveis e quatro pequenos milagres. Continuo usando minha aliança não para mostrar que ainda estou usando minha aliança, mas porque eu ainda estou casado com esta mulher incrível", explicou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.