Em entrevista à revista masculina, a cantora faz revelações sobre sua vida íntima e diz que tem toda condição de posar nua

Sandy abre sua intimidade para a revista
Divulgação
Sandy abre sua intimidade para a revista "Playboy"
Com 1m58 e corpo tipo mignon, Sandy é confiante de sua beleza e sensualidade. Na polêmica entrevista à revista “Playboy” deste mês, já nas bancas, a cantora se revelou como mulher. “Sou boa em striptease”, dispara ela, que acredita que as mulheres devam se masturbar. “Temos que conhecer nosso corpo antes de querer que nossos parceiros conheçam. Eu acho completamente válido."

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Ainda, diz que tem toda condição de posar nua. "Eu conseguiria fazer um ensaio bem sensual para a 'Playboy' que surpreenderia muita gente. Sei ser sensual. Não dá para fazer foto peladona sorrindo."

Também sugere que esquenta seu relacionamento com o marido assistindo filmes pornográficos - “Tem momentos que são adequados" -, e diz que um dia gostaria ver como é uma casa de swing. A respeito da declaração sobre prazer anal,  que competiu com a nudez de Adriane Galisteu , capa da publicação, é mais evasiva.

LEIA TAMBÉM: "Ela nunca falaria aquilo", contesta marido de Sandy

A publicação questionou: "Dizem que mulheres não gostam de sexo anal. Você concorda com isso?"  Sandy respondeu: “Então...não tem como não responder isso sem entrar numa questão pessoal. Mas, falando de uma forma geral, eu acho que é possível ter prazer anal, sim, porque é fisológico. Não é todo mundo. Deve ser a minoria que gosta.”

Playboy insistiu: "Uma minoria na qual você se inclui?" Sandy sai pela tangente: “Não vou dizer. Essa é uma pergunta que me faria pôr em prática minhas aulas de boxe (risos).”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.