Em entrevista exclusiva ao iG, ator falou sobre seu personagem em "Reis e Ratos" e a maratona de testes que enfrenta lá fora

Habituado a transitar pelos sets das superproduções de Hollywood, Rodrigo Santoro viveu uma experiência diferente ao atuar em "Reis e Ratos", novo filme de Mauro Lima. O longa, orçado em R$ 2 milhões, funcionou como uma espécie de desafio para o ator.

Siga o iG Gente no Twitter e acompanhe todas as notícias sobre sua estrela favorita

Foram 17 dias de filmagem, pouco tempo para a preparação e um personagem com aspecto asqueroso. Mas o que podiam ser empecilho, se tornou o grande motivo pelo astro ter aceitado fazer o filme, que tem estreia prevista para 17 de fevereiro.

A trama gira em torno de um grupo de pessoas que se envolvem – de forma direta ou indireta – no golpe de 64. São eles: um agente da CIA locado no Rio de Janeiro ( Selton Mello ), um vigarista, ex-cafetão e viciado em anfetaminas (Rodrigo Santoro), um locutor de rádio ( Cauã Reymond) , uma crooner de boate ( Rafaela Mandelli ), um Major da Aeronáutica ( Otavio Muller ).

Em entrevista exclusiva ao iG , o ator falou sobre o papel no filme “Reis e Ratos” e a dificuldade de se ter uma carreira internacional. Confira abaixo o video exclusivo:null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.