Ator descarta voltar às tramas longas e diz que está ansioso pela estreia do filme “Heleno”

Rodrigo Santoro e Alice Braga vivem par romântico em
AgNews
Rodrigo Santoro e Alice Braga vivem par romântico em "As Brasileiras"
Os fãs que sonham com a volta de Rodrigo Santoro às novelas vão ter de se contentar com participações do galã em programas como a série “As Brasileiras”, que estreia no dia 2 de fevereiro na Globo. O ator descartou a ideia de se envolver com produções que tomem grandes períodos de seu tempo. “Novela é um compromisso que me impede de fazer outras coisas”, disse Rodrigo no lançamento da série, no teatro Oi Casagrande, no Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Por “outras coisas” Rodrigo quer dizer cinema, dentro e fora do Brasil. Com mais de 20 filmes no currículo, apenas este ano três longas do ator chegam às telas: “Reis e Ratos”, de Mauro Lima, que tem no elenco Selton Mello e Cauã Reymond , com estreia prevista para 11 de fevereiro; “Heleno”, a aguardada produção de José Henrique Fonseca sobre a vida do jogador Heleno de Freitas , em 23 de março; e “O que Esperar Quando Você Está Esperando”, com Jennifer Lopez , em julho. Além disso, ele ainda está em “Hemingway & Gellhorn”, filme feito para a TV americana com Nicole Kidman e Clive Owen .

Dessas produções, o ator assume que tem um carinho especial por “Heleno”, que já teve o lançamento adiado mais de uma vez. “É o filme com o qual mais me envolvi, com a produção, o roteiro. A expectativa é grande e espero que o público descubra esse personagem incrível, patrimônio do futebol brasileiro”, disse Rodrigo, que compara o polêmico jogador dos anos 40, dono de um temperamento difícil e conhecido pela vida boêmia, com seus pares modernos. “O drama dele é muito parecido com o do Adriano, do Edmundo”, explicou.

Antes e depois: Veja Rodrigo Santoro transformado em viciado para filme

Mas antes das desventuras de “Heleno”, o público pode matar as saudades de Rodrigo na televisão nacional em “As Brasileiras”. O ator contracena com a amiga Alice Braga , com quem já tinha atuado no filme “O Cinturão Vermelho”, no episódio “A Indomável do Ceará”. “Faço um meliante carioca que anda pelo Nordeste praticando pequenos roubos e é preso pela delegada vivida por Alice. Eles passam a trama algemados um ao outro”, revelou o ator, afirmando que o maior atrativo para fazer a série foi trabalhar novamente com Alice e com Daniel Filho , que já o tinha dirigido em “A Dona da História”, em 2004.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.