Músico conversou coma imprensa durante a 8ª edição de seu cruzeiro e, além do sertanejo, falou sobre projetos, BBB e mulheres

Roberto Carlos falou sobre BBB e defende o participante expulso, Daniel:
Vivian Fernandez
Roberto Carlos falou sobre BBB e defende o participante expulso, Daniel: "O que rolou ali foi uma...brincadeirinha"
Se em seu primeiro show na 8ª edição do Cruzeiro Emoções em Alto Mar, Roberto Carlos acompanhou o coro das fãs e cantou o refrão de “Ai, seu Eu Te Pego”, na coletiva de imprensa que aconteceu na tarde deste domingo (05), no Rio de Janeiro, o músico não poupou elogios ao sertanejo. O encontro com a imprensa e com um grupo de fãs selecionados por sorteio aconteceu no Teatro Stardust, mesmo local em que Roberto apresenta seus três shows em alto mar.

Sobre Michel Teló , ele não titubeou: “Ele é um fenômeno. É fantástico, uma explosão que eu nunca tinha visto. Com certeza é uma música pegajosa, que eu gosto muito”, elogiou Roberto, que seguiu brincando com trechos da música como “delícia” e “ai, se eu te pego”. O rei seguiu com os elogios e disse que o sucesso, dele ou de outros músicos, é incontestável. “Quem decide se a música ou o artista são sucessos é o público. O Michel manda muito bem. É bom ver o cara”.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades

Após muitos elogios ao sertanejo, Roberto, que costuma exaltar outros jovens músicos, foi questionado sobre quem poderia ser seu sucessor. “Ainda é muito cedo para pensar nessas coisas”, afirmou ele, para em seguida, recusar a ideia de pensar em “sucessor”, já que, segundo ele, cada artista tem uma maneira de cantar e compor.


"Big Brother Brasil"

Roberto não falou apenas de música em sua coletiva. O músico também fez comentários sobre o BBB. Ele, que já assumiu acompanhar o reality, comentou o caso Daniel . Mesmo diante das vaias das fãs após o questionamento, o músico não demonstrou problemas na resposta e foi aplaudido ao reforçar que não expulsaria o brother da casa após as cenas de um suposto abuso sexual: “Pelo o que a gente vê na TV, longe das edições, eu não expulsaria. O que rolou ali foi uma...brincadeirinha. Eu diria, algo superficial”, afirmou o músico, com seu famoso sorriso. Além de BBB, ele também reforçou que segue assistindo às novelas (“quando não vejo, eu gravo”) e que, atualmente, a que mais tem sua audiência é “Fina Estampa” .


Jerusalém

O músico despista ao falar sobre novo amor:
Vivian Fernandez
O músico despista ao falar sobre novo amor: "Está chegando"
Durante a coletiva, Roberto Carlos relembrou ainda sua passagem por Jerusalém, onde gravou seu último especial. “Minha fé é muito grande, mas consciente, equilibrada. Mesmo assim, aquilo lá aumentou muito a minha fé”, afirmou o músico, que ainda foi questionado sobre o pedido de um novo amor que teria feito no Muro das Lamentações. “Se concretizou, Roberto?”, questionou a repórter, aplaudida pela plateia. A pergunta deixou o músico sem graça, mas ele prosseguiu: “Ah, está chegando, está chegando”.
Roberto também respondeu sobre o efeito de sedução que causa nas pessoas, em especial, nas mulheres. “Eu é que sou seduzido. As mulheres me seduzem. Acho que o amor me seduz, a demonstração de carinho”.

Ainda sobre Jerusalém, Roberto falou sobre a reprise do especial feita pela Globo no final do ano, fato que o deixou, inicialmente, preocupado. “Mas ao mesmo tempo, fiquei tranquilo, porque foi uma das melhores coisas que já fiz na vida”. Ele diz que aceitou a sugestão da Globo, pois não teria tanto tempo de preparar outro especial, que não sofresse tanto com as comparações. “Agora vamos dar um espaço maior, para as comparações serem menores”, explicou ele, que não planeja nenhuma gravação especial no exterior, como aconteceu com o trabalho de Jerusalém, para este ano. Mas prometeu uma turnê internacional no México e nos Estados Unidos.

Navio

Famoso por suas superstições, o rei falou sobre o naufrágio na costa italiana com a embarcação da mesma empresa que cuida de seus cruzeiros . O músico afirmou que, mesmo após o acidente, não teve medo do embarque, pois está certo da segurança. “Não fiquei receoso de embarcar, mas o que senti quando vi a cena foi muito triste. Chorei quando vi. Mas foi um acidente, que está sendo analisado”, comentou ele, que disse entender um pouco de navegação.

Já em alto mar, ele falou sobre mais uma edição de seu evento náutico. “Eu espero esse cruzeiro na maior ansiedade. Quando saio, tenho vontade de chorar. Aqui me sinto sem problemas, sem coisas para resolver. Quando volto para terra, dá vontade de voltar para o navio”, brincou Roberto. O músico comentou a ansiedade de outros tripulantes, o capitão Michele. “Ele sempre diz que espera por esse cruzeiro o ano inteiro”, ao que algumas fãs gritaram: “nós também”.

“Não fiquei receoso de embarcar, mas o que senti quando vi a cena foi muito triste. Chorei quando vi
Vivian Fernandez
“Não fiquei receoso de embarcar, mas o que senti quando vi a cena foi muito triste. Chorei quando vi", disse ele sobre o naufrágio do navio de mesma empresa


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.