Ator português conquista o mercado brasileiro e é o primeiro estrangeiro a assinar contrato longo com a TV Globo

null Ricardo Pereira costuma dizer que tem um caso de amor com o Brasil. Tanto que depois de sete anos se dividindo entre Lisboa e Rio de Janeiro, o ator português fixou residência no Leblon, bairro da zona sul carioca. No ar como o advogado de caráter duvidoso Henrique Taborda, em “Insensato Coração”, trama de Gilberto Braga e Ricardo Linhares , ele comemora seu primeiro personagem de destaque em uma novela das nove, horário que é desejado pela maioria dos atores.

Mesmo que não admita, Pereira pode se considerar um privilegiado. Ele é o primeiro europeu a assinar contrato de quatro anos com a TV Globo. Principalmente, numa época em que a emissora não tem renovado com seu casting tradicional. “Não acho que estou num lugar privilegiado. Sou muito obstinado e focado. Me preocupo em corresponder a quem apostou em mim como os autores e os diretores. Espero um dia ser uma das referências da TV Globo”, comenta de forma modesta.

Ricardo Pereira comemora boa fase profissional
Léo Ramos
Ricardo Pereira comemora boa fase profissional
Sotaque “brasilês”
Para interpretar seu atual personagem, Ricardo teve que aprender “brasilês” como ele gosta de brincar. “A fonoaudióloga quase dorme entre eu e a minha mulher”, comenta rindo muito, referindo-se à rotina quase que diária de aulas para perder o sotaque lusitano e convencer como brasileiro.

Aos 31 anos, casado com a marchand Francisca Pinto Ribeiro , também portuguesa, Pereira diz que a sorte dá muito trabalho. Por isso, prefere correr atrás de seus sonhos. “Meu pai sempre me disse que nós construímos e procuramos a nossa sorte. E é isso o que tenho feito desde que ouvi isso pela primeira vez”, diz.

Desde a estreia de “Como uma Onda”, em 2004, onde interpretou o protagonista Daniel Cascaes, Ricardo não parou mais. Passou pela Rede Record, em “Prova de Amor” e depois voltou a Globo para “Pé na Jaca” e “Negócio da China”, quando substituiu o ator Fábio Assunção , que deixou a trama para se tratar de dependência química. O retorno de crítica foi tão favorável que ele terminou ao lado da mocinha e estreante Grazi Massafera . “Sinto que existe uma aposta verdadeira da emissora no meu trabalho. E estou aqui para corresponder à altura”, afirma.

Psicólogo por formação e modelo internacional, Pereira encontrou na carreira de ator sua realização pessoal e profissional. Com seu último longa-metragem, “Mistérios de Lisboa”, uma co-produção França/Portugal, dirigida pelo chileno Raul Ruiz , o ator participou dos grandes festivais de cinema europeus e teve a oportunidade de conhecer ídolos como Al Pacino , Robert de Niro e John Malkovich . “Era como seu eu fosse um deles. Um ator ambiciona estar ao lado desses astros e, de repente, eu estava lá e pensei: é possível”.

Ator assinou contrato de 4 anos com a TV Globo
Léo Ramos
Ator assinou contrato de 4 anos com a TV Globo
Compromisso com público brasileiro
Ricardo terminou esse mês uma participação em “Dores de Amores”, de Rafael Vieira, filho do diretor Roberto Talma. E pretende pisar em palcos brasileiros até o final do ano. “Quero mostrar minha origem. Acho que só falta isso para eu me sentir realizado profissionalmente nesse país tão maravilhoso que me adotou”.

O ator já tem planos para depois de sua participação em “Insensato Coração”. Ele foi reservado por Maria Carmem Barbosa e Miguel Falabella para protagonizar a próxima novela das sete, “Um Mundo Melhor”, que irá substituir “Morde & Assopra”. “Ainda não posso adiantar porque estou envolvido em outro personagem. Não seria ético da minha parte. Mas fico honrado em dizer que estarei sim em mais um trabalho com meu amigo Miguel”, comenta.

Ricardo escolhe o Rio de Janeiro para fixar residência
Léo Ramos
Ricardo escolhe o Rio de Janeiro para fixar residência
Assédio feminino
“Tenho um sorriso disponível para quem quiser”, comenta Ricardo quando o assunto é fã. Carinhoso, ele garante que Francisca, sua mulher, não sente ciúmes e que até ajuda a tirar as fotos. Longe do estereótipo do português baixinho e com bigode, ele tem consciência de que chama atenção pela beleza e se diz acostumado com o assédio feminino. “Gosto de me misturar. Acho que isso gera uma proximidade maior entre as pessoas. É um carinho muito grande que recebo quando sou reconhecido por onde passo”.

Segundo Ricardo, sua vida tem poucos momentos infelizes. “Quem tem a oportunidade de me conhecer na intimidade sabe que sou a pessoa mais louca, extrovertida e feliz do mundo. Eu me entrego, me jogo nas relações”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.