Internado no hospital Sírio Libanês com diagnóstico de câncer linfático, ator está acompanhado da mãe, que pede orações de todos

Reynaldo Gianecchini com a mãe, Heloísa, numa foto de 2009: Ela pede oração a todos no hospital
AgNews
Reynaldo Gianecchini com a mãe, Heloísa, numa foto de 2009: Ela pede oração a todos no hospital
Há oito dias internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, Reynaldo Gianecchini conquistou a equipe médica e de enfermagem. O que se comenta nos corredores de seu quarto, de onde ele não tem saído, é que o ator é muito educado e simpático.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Acompanhado da mãe, dona Heloísa , em tempo integral, ele permanece em repouso. Heloísa, que mora em Birigui, veio apoiar o filho neste momento difícil. Muito abalada com as notícias, ela pede a todos que rezem pela saúde de seu filho. O diagnóstico que o ator recebeu é de câncer linfático, e o tratamento com quimioterapia está marcado para começar na próxima segunda-feira, segundo informações divulgadas nesta quarta (10) no "Jornal Nacional". Ainda assim, o prontuário dele segue recheado de requisições de exames e biópsias, pois há enorme preocupação dos médicos em fazer uma profunda investigação patológica.

Segundo boletim médico divulgado nesta quinta (11), Gianecchini chegou ao hospital apresentando aumento dos gânglios da região do pescoço. "Após exames iniciais e biópsia, obteve-se o diagnóstico inicial de linfoma não-Hodgkin . Seu estado geral é bom e não há previsão de alta. O paciente está sendo acompanhado pelas equipes coordenadas pelos profs. Drs. Yana Novis , Raul Cutait e David Uip ." David informou na Rede Globo que o tratamento de quimioterapia deve começar no início da próxima semana.

A ex-mulher do ator, a apresentadora e jornalista Marilia Gabriela , visitou Reynaldo nessa quarta-feira (10).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.