O ator volta ao trabalho em março e agora, “só pensa no futuro”

Reynaldo Ginacchini: no vídeo, feito em dezembro passado, já é possível ver o cabelo do ator crescendo
Divulgação
Reynaldo Ginacchini: no vídeo, feito em dezembro passado, já é possível ver o cabelo do ator crescendo

Ainda não há a data de estreia da volta da peça “Cruel”, mas é certo que Reynaldo Gianecchini retoma em março a programação teatral, com projeto da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo. Serão 20 sessões em dez teatros dos CEUs, dois dias em cada CEU.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades

Intitulado “CEU é Show”, o programa da prefeitura leva espetáculos que estão em cartaz para os 45 CEUs que ficam em bairros afastados. Os ingressos são gratuitos e dão direito a um bate-papo com os atores ao término da apresentação.  Apesar de seus cabelos já estarem crescendo, o ator pretende se apresentar careca. “Ele é gente boa pra caramba, não dá para dizer o quanto. Ele acabou de me mostrar que tudo é possível. Nem falamos mais de doença, isso acabou, não existe mais. Agora só falamos do futuro”, diz a produtora do espetáculo Célia Forte . Passada a temporada paulistana, Giane começa a se preparar para o remake de “Guerra de Sexos”, e aí a peça estreia no Rio de Janeiro.

Abrale

No fim do ano passado, enquanto ainda estava internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, Gianecchini gravou uma campanha para a Abrale (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia), que começa a ser veiculada nesta terça-feira (7) em emissoras de rádio e televisão e mídia impressa. No vídeo, é possível notar que o cabelo de Gianecchini está bem crescido.

LEIA TAMBÉM: Silvio de Abreu: "O Giane vai ficar bom e fará sucesso na novela"

É a segunda vez que o ator, diagnosticado com linfoma em 2010 e recém transplantado de medula óssea, apadrinha uma campanha da Associação. “Desde pequeno eu sempre contei com carinho das pessoas. Na primeira novela eu contei com o apoio de grandes profissionais e no teatro com o aplauso da plateia. Em 2010 contei com a ABRALE, que ajuda muita gente na luta contra o câncer”, declarou ele. A campanha, intitulada “Toda Ajuda Conta”, visa captar recursos e apoio ao paciente com câncer do sangue de todo o País.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.