Após comentário sobre Wanessa, diretor do programa considera tirá-lo da atração

  Rafinha Bastos foi eleito pela revista “Veja” desta semana o novo "Rei da Baixaria". Segundo a publicação, o apresentador do “CQC” desponta entre os humoristas que fazem piadas de mau gosto. Na segunda-feira (19), o humorista não mediu as palavras ao falar da cantora Wanessa : “Eu comeria ela e o bebê dela”, disse, após ouvir de Marcelo Tas que ela estava grávida.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

De acordo com a reportagem, o comentário fez Ronaldo , sócio de Marcus Buaiz e marido da cantora, se desligar da atração. O jogador inclusive teria ligado para direção da emissora para explicar seu rompimento. “Estamos avaliando um possível afastamento dele do programa”, disse Hélio Vargas , diretor artístico do "CQC", que inclusive telefonou a Marcus para desculpar-se.

LEIA TAMBÉM: Zezé di Camargo: "A intenção do Rafinha é levantar polêmica e não vou dar esse prazer para ele”

Rafinha não quis se estender quanto à repercussão do caso, apenas declarou que é comediante e faz piada. “Acho a discussão válida, mas outras pessoas podem comentar melhor sobre o assunto”, disse.
Ainda no ranking de baixaria da revista, a nova safra de humoristas está muito mal colocada. Marcelo Adnet, Marcos Mion, Danilo Gentili e os integrantes do “Pânico na TV” são alertados por casos de abuso e denúncias da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.

Rafinha Bastos: comentário sobre Wanessa pode afastá-lo do
Luciano Trevisan
Rafinha Bastos: comentário sobre Wanessa pode afastá-lo do "CQC"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.