Acusado de agressão em Portugal em 2007, ator de "Fina Estampa" teve julgamento adiado

DJ Gonzo e Paulo Rocha
Reprodução/Facebook / AgNews
DJ Gonzo e Paulo Rocha

Por pouco, Paulo Rocha não teve que deixar as gravações de "Fina Estampa" para resolver um problema na Justiça de Portugal. Acusado de agressão, o ator que vive Guaracy na trama, teve o julgamento adiado.

Em 2007, Paulo envolveu-se em um escândalo que tomou as manchetes da imprensa portuguesa. O ator português teria se envolvido em uma briga com Gonçalo Vasconçelos , o DJ Gonzo, ex-integrante da Excesso, uma famosa banda pop portuguesa.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias dos famosos em tempo real

De acordo com o jornal "Correio da Manhã", os dois estavam na boate Karma, em Rio Maior, quando Paulo iniciou a confusão. O ator teria encontrado Gonzo com a atriz Dânia Neto , que era sua ex namorada. Segundo o veículo, por causa do ciúme, Paulo provocou o casal, até que o cantor e DJ perdeu a paciência e revidou com xingamentos. Irritado, o ator teria espancado Gonzo com um soco-inglês.

A primeira audiência do processo por agressão física movido pelo DJ estava marcada para esta quinta-feira (05), mas a assessoria de Paulo informou que a data foi adiada. Ainda segundo a assessora, "a briga realmente aconteceu, mas o ator agiu em legítima defesa".

iG Gente procurou o agente do DJ Gonzo em Portugal, mas ele não quis comentar o episódio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.