Em entrevista exclusiva ao iG Gente, modelo e ator falou ainda sobre sua volta à televisão, em "Corações Feridos"

Paulo Zulu:
Claudio Augusto
Paulo Zulu: "As pessoas pensam muito no eixo Rio-São Paulo, se elas não te veem nessa região, acham que você não está trabalhando"

Paulo Zulu esteve nesta segunda-feira (16) na São Paulo Prêt-à-Porter, feira realizada na capital paulista, para divulgar a marca Onix, da qual é garoto-propaganda. Em entrevista exclusiva ao iG Gente , o modelo e ator falou como anda a sua carreira publicitária. "Está muito firme, tenho feito bastante campanha, muitos desfiles. É que as pessoas pensam muito no eixo Rio-São Paulo, se elas não te veem nessa região, acham que você não está trabalhando. Mas tenho feito muitos trabalhos pelo Brasil inteiro", explicou.

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

Paulo Zulu:
Claudio Augusto
Paulo Zulu: "Nunca pensei em largar a publicidade, onde estou há 20 anos"
Fora as campanhas, Zulu ainda voltou ao ar hoje na televisão, em "Corações Feridos" , do SBT. Ele contou que as gravações foram feitas no ano retrasado, em 2010, e por motivos que ele desconhece, demorou dois anos para a novela ser exibida. "São coisas que acontecem no mundo artístico. Para mim nem tem problema, porque faço uma participação especial, mas para outros atores, que atualmente já estão vinculados a outras emissoras, é mais complicado", opinou.

Zulu relatou que seu personagem, Rodrigo, aparece no primeiro capítulo da trama, mas depois só vira uma "memória", porém, apesar disso, tem grande importância para a história. "Meu papel é muito intenso no primeiro capítulo, por ele acontece basicamente toda a trama da novela. É muito mais difícil do que você ter uma continuidade, um crescimento e diminuição de emoções", disse.

Leia Mais: Atores estarão no ar ao mesmo tempo em novelas inéditas da Globo e do SBT

Perguntado se nunca tentou investir na carreira de ator - fora "Corações Feridos", ele atuou em "Laços de Família" e "Mulheres Apaixonadas", ambas da Globo -, Paulo Zulu respondeu que não. "Nunca me dediquei na parte de interpretação, dramarturgia, sempre aproveitei os convites que surgiram. Nunca pensei em largar a publicidade, onde estou há 20 anos. Estou tentando levar as duas carreiras paralelamente. A maioria dos atores faz publicidade para sobreviver, publicidade é o carro chefe de uma imagem forte e para se ter algo a mais em sua vida", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.