Segundo a atriz, seu personagem no longa baseado no HQ da Marvel a ajudou depois de "Cisne Negro"

Natalie Portman
Getty Images
Natalie Portman
Em entrevista ao tablóide britânico “The Sun”, Natalie Portman revelou que ter participado do filme “Thor”, que tem lançamento previsto para esta quarta-feira (27), foi sua salvação para não ter um colapso depois de “Cisne Negro”.

Segundo a atriz, o longa a ajudou a relaxar depois do esforço físico e da dedicação emocional no filme de Darren Aronofsky. "Nas filmagens de ‘Thor’, nós tínhamos longos intervalos e eu podia ler no meu trailer, que era muito confortável e tinha até cama. Eu podia comer o que queria e fazer exercícios quando sentisse vontade”, revelou.

Natalie ainda participou da comédia “No Strings Attached", e que segundo ela também foi uma experiência positiva. “Nenhum dos dois precisaram de muita pesquisa ou treinamento psicológico específico. Foram trabalhos divertidos e cercados de amigos”, afirmou.

Além do treinamento intenso para aprender balé, Natalie também se dedicou profundamente ao drama de sua personagem em “Cisne Negro”. Já em “Thor”, a atriz faz o papel da enfermeira Jane Foster, primeiro amor do super-herói, vivido pelo ator Chris Hemsworth .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.