Mãe de duas adolescentes, a atriz fez a revelação referindo-se ao namorado, o ator Bruno Ferrari, com quem está há um ano

Paloma Duarte sobre sua personagem em
AgNews
Paloma Duarte sobre sua personagem em "Máscaras": "Ela é uma tela em branco que o Lauro (César Muniz) vai preencher no decorrer do tempo"
Paloma Duarte , de 34 anos, já tem duas filhas adolescentes: Maria Luiza , de 16 anos, do relacionamento com o músico Renato Lui , e Ana Clara , de 14 anos, do casamento com o ator Marcos Winter . No entanto, a vontade de ter mais um filho tem passado pela cabeça da atriz nos últimos tempos. Namorando o ator Bruno Ferrari há um ano, ela revelou ao iG que não descarta a possibilidade. “É um namoro recente. Em algum momento esse assunto vai surgir naturalmente. Tem dias que eu tenho vontade e em outros eu não tenho vontade”, disse ela.

A atriz que será a protagonista Nameless (sem nome, em inglês) em “Máscaras”, novela de Lauro César Muniz que estreia na próxima terça-feira (10), na Rede Record, também contou um pouco mais sobre sua intimidade com as filhas e o receio que teve quando a caçula pediu para ser atriz, aos 8 anos. Na época, a menina estreou em “Cidadão Brasileiro”, primeira novela de Paloma na emissora. “Eu tinha medo. Acho que pode arrebentar a cabeça de uma criança. Então, segurei um pouco essa vontade nela. Mas ela vai fazer 15 anos este ano, a cabeça já está no lugar, então liberei para ela trabalhar. Brevemente teremos notícias dela por aí”, anunciou.

Sobre a personagem, Paloma garante que esse é o mais difícil de sua carreira. “Ela é uma tela em branco que o Lauro vai preencher no decorrer do tempo. Ela pode ser uma heroína, uma vilã, mau caráter, ela pode ter uma índole incrível. Essa personagem por enquanto me dá muita solidão”.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades

Paloma Duarte ficou loira para a personagem misteriosa de
Divulgação
Paloma Duarte ficou loira para a personagem misteriosa de "Máscaras": "Com esse cabelo, tem que sair de casa maquiada e eu odeio usar maquiagem"
iG: O que você achou de pintar os cabelos de loiro para esse novo personagem em "Máscaras"?
Paloma Duarte:
Para mim não é uma questão de gostar ou não. Não tenho temperamento na vida para ser loira. . Se eu não tiver que trabalhar, não uso de jeito nenhum. Também não posso sair com qualquer roupa. Tem que combinar com o cabelo. E eu tenho preguiça desse tipo de coisa porque gosto de abrir o armário e pegar a primeira coisa e ir gravar. Nesse sentido sou muito antiatriz. Não tenho glamour nenhum.

iG: Dá muito trabalho cuidar do cabelo loiro?
Paloma Duarte: Muito. Você não sabe a quantidade de produto que eu tenho que passar para ele não ficar uma palha. É um negócio medonho. A minha bancada de creme não tem mais espaço para o xampu do Bruno (risos). Assim que acabar a novela vou tirar.

iG: Suas filhas já estão grandes. Alguma delas tem vontade de seguir a carreira de atriz?
Paloma Duarte:
Tenho duas filhas, né?! Maria Luiza, de 16 anos, quer ser obstetra. E a Ana Clara, de 14, já é atriz. Ela estreou em "Cidadão Brasileiro" como minha filha aos 8 anos. Então brevemente teremos notícias dela por aí.

Nesse sentido sou muito antiatriz. Não tenho glamour nenhum", diz ela sobre vaidade

iG: Você também estreou por volta dessa idade e vem de uma família de artistas (Paloma é neta de Lima Duarte e filha de Débora Duarte com o cantor Antonio Marcos). Está tudo bem pra você se ela optar mesmo por essa profissão agora aos 14 anos?
Paloma Duarte: Eu tinha medo quando era mais nova. Acho que pode arrebentar a cabeça de uma criança. Então, eu segurei um pouco essa vontade nela. Mas ela vai fazer 15 anos esse ano, a cabeça já está no lugar, liberei para ela trabalhar.

iG: Por que você segurou a vontade dela?
Paloma Duarte:
Eu sofri muito de ver a minha filha sobrecarregada com tão pouca idade. Ela ficou um tempão chateada comigo, mas agora já é a hora.

iG: Você pensa em ter mais filhos?
Paloma Duarte:
Eu estou com o Bruno há um ano. É um namoro recente. Em algum momento esse assunto vai surgir naturalmente. Tem dias que eu tenho vontade e em outros eu não tenho vontade.

iG: Como é se preparar para uma personagem que não tem uma identidade definida?
Paloma Duarte:
Horrível. (risos) Ela pode ser uma heroína, uma vilã, mau caráter, ela pode ter uma índole incrível. Nem nome ela tem. Essa personagem, por enquanto, me dá muita solidão.

iG: Com essas mil facetas como é que você se prepara?
Paloma Duarte:
Olha... inspiração tem de sobra. E isso é um problema porque pode tudo. Os diretores vão arriscando junto comigo. Eu sei que ela vai ter um romance, mas eu não sei sobre o passado dessa mulher. E o futuro? É o trabalho mais solitário que eu já fiz na minha vida. Ela não tem núcleo. (risos)

iG: Quantas máscaras ela tem?
Paloma Duarte:
Não sei, mas no caso dela são muitas.

É o trabalho mais solitário que eu já fiz na minha vida. Ela não tem núcleo", sobre a misteriosa personagem em "Máscaras"

iG: Os atores gostam de criar um passado para ajudar na composição dos personagens. Você fez isso?
Paloma Duarte:
Não pude fazer. Eu não tenho as informações. Ela é uma tela em branco que o Lauro vai preencher no decorrer do tempo.

iG: Você está tendo dificuldade para fazer a Nameless?
Paloma Duarte:
Falando sério... entro pra gravar e sinto uma dor de estômago... Fico estourada de tanto nervoso. Chego no set e me pergunto: o que será que o Lauro quer com esse papel, pra que lado ele quer que eu leve a personagem? Ainda estou tateando.

iG: O Lauro é o melhor autor com quem você já trabalhou?
Paloma Duarte
: Ele é, sem dúvida, com quem eu tenho mais afinidade e que eu tenho mais sabor de entrar em cena. Amo muito o Lauro.

Paloma Duarte e o namorado, o ator Bruno Ferrari
Adilson Lucas/AgNews
Paloma Duarte e o namorado, o ator Bruno Ferrari

iG: Qual a diferença dele para os outros autores?
Paloma Duarte
: Não é aquela coisa imbecil de tratar o público que nem idiota. Por exemplo, a mocinha chata, perfeitinha e sem defeitos; uma bandidona que é só mau caráter e vai infernizar a vida da mocinha... O Lauro é o oposto disso. As heroínas criadas por ele são sempre complexas. Acho que todo ator deveria fazer uma novela do Lauro na vida para ter parâmetro.

iG: Essa é sua terceira novela com o Lauro. É um casamento feliz?
Paloma Duarte:
Muito feliz, apaixonada e só de alegrias. Ele até hoje me dá frio na barriga.

iG: Ele costuma dizer que você é musa dele...
Paloma Duarte:
Mas ele também é meu muso. Ele é minha lágrima mais sentida, meu sorriso mais gostoso... Todas as grandes emoções que uma atriz pode ter em cena eu vivi com ele.

Além do salário maravilhoso, queria ter o sabor de conseguir construir um pedacinho da história de uma emissora", sobre a ida para a Record

iG: Você apoia a ideia levantada por ele de fazer novelas mais curtas?
Paloma Duarte:
Claro que apoio. Eu acredito que esse vai ser o futuro do formato da televisão. Acho que ainda não é possível por termos estruturais mas é uma questão de tempo.

iG: Você está na Record desde "Cidadão Brasileiro", em 2006. Você está satisfeita na emissora?
Paloma Duarte:
Estou muito feliz. A gente andou muito durante esse tempo e isso é motivo de muito orgulho. Além do salário maravilhoso que a emissora me paga, porque eu não sou hipócrita, vim porque eu queria ter o sabor de conseguir construir um pedacinho da história de uma emissora. O convite foi uma oportunidade de fazer parte do nascimento dessa estrutura. Não me vejo fora daqui tão cedo.

Paloma Duarte com parte do elenco de
AgNews
Paloma Duarte com parte do elenco de "Máscaras": Giselle Itié, Petrônio Gontijo, Miriam Freeland e Fernando Pavão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.