A Alice, de Insensato Coração, esbanjou simpatia em evento paulista, relembrou momentos da vida e falou sobre projetos

Paloma Bernardi chega a feira em São Paulo distribuindo sorrisos e beijinhos
Celso Akin/AgNews
Paloma Bernardi chega a feira em São Paulo distribuindo sorrisos e beijinhos
Paloma Bernardi foi a estrela da nova campanha das grifes Betty Boop, Snoopy e Garfield, da Semax. “Adorei tudo, quero tudo”, contou a Alice, de " Insensato Coração ", na tarde de ontem, quarta-feira (29), no terceiro dia da 43ª edição da Francal - Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios, no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

A atriz é o tipo da beleza de mulher brasileira: morena de olhos claros, cabelos cacheados e corpão. Apesar de já trabalhar com isso desde os quatro anos de idade, fazendo comerciais, Paloma passou por uma má fase e teve que dar uma pausa de alguns anos na carreira. “Na fase de onze, doze anos, é a fase das espinhas, do aparelho nos dentes. É aquela transformação da menina pra adolescente. Então era difícil fazer testes tendo aquela fisionomia. Mas não parei de vez. Estudei teatro e fui me aperfeiçoar para quando voltar, voltar com uma bagagem boa”, explicou ela.

 Na trama global Alice é assediada por vários bonitões, mas só se mete em encrenca. Já foi traída por Vinícius, interpretado por Thiago Martins , e atualmente é enganada por Beto, vivido por Petrônio Gontijo . Não se sabe se ele é casado ou não, mas a insistência do rapaz é tanta que será que Alice vai ceder aos galanteios dele? “Gente vocês tem que assistir a novela mas o coração da Alice está bombando e quem sabe um novo amor aparece. Ela merece um amor de verdade, sem enganação”, opinou a irmã de Carol, encenada por Camila Pitanga .

Paloma Bernardi
Celso Akin/AgNews
Paloma Bernardi

Já, na vida real, Paloma disse nunca ter vivido uma situação como a de sua personagem. “Mas desilusão amorosa a gente sempre tem. Eu fui sempre muito namoradeira então desde pequenininha eu já era apaixonada por vários namoradinhos então a gente sempre tem uma desilusão amorosa. Mas é normal isso né, senão não tem graça né? Ver a vida em um mar de rosas, não tem graça”, riu ela.

Dá última vez que a atriz foi vista em clima de romance, foi com o campeão de A Fazenda 3 , Daniel Bueno , no Carnaval. “Estou solteira, bem e tranquila também”.

Assim que terminar a novela Paloma já tem destino certo. “Estou analisando a possibilidade de fazer cinema, mas teatro é certo. Eu e o Thiago Martins vamos estrear nos palcos, mas só posso falar isso”, disse ela.

Em meio ao burburinho, Paloma falou com exclusividade ao iG Gente e revelou algumas curiosidades. Confira:

iG: Se fosse personagem de um filme ou livro, quem seria?
Paloma Bernardi:
a boxeadora Maggie Fitzgerald, do filme Menina de Ouro, interpretada por Hilary Swank. O personagem é super forte e o filme maravilhoso. Também a Nina, do Cisne Negro, com a Natalie Portman. Eu danço e já fiz ballét. Me identifiquei muito com o filme não só pela dança mas pelas dificuldades que o ator tem na vida. Trabalhamos muito com a perfeição e tem gente que até pira. Eu adoraria fazer o tipo desses personagens.

iG: Uma coisa que ninguém sabe sobre você...
Paloma Bernardi:
Ué se ninguém sabe, não é para contar (risos)

iG: Dia ou noite?
Paloma Bernardi:
Noite

iG: O que queria ser quando criança?
Paloma Bernardi:
Sempre quis ser atriz

iG: O que faz de melhor?
Paloma Bernardi:
Ser feliz porque quando a gente é feliz com as coisas que agente gosta, com a família, com os amigos e o trabalho, a gente é melhor em tudo.

iG: Prato que não dispensa?
Paloma Bernardi:
Arroz e feijão

iG: Último item de consumo...
Paloma Bernardi:
Não sou consumista, nem sei responder essa pergunta. Mas comecei a pensar em comprar um apartamento no Rio porque fico em hotel, flat. Mas não é uma coisa que eu preciso senão vou morrer.

iG: Tem algum vício?
Paloma Bernardi:
Tomar banho no escuro. Adoro, é muito bom e relaxa. Faz bem

iG: Uma paisagem inesquecível...
Paloma Bernardi:
As praias do Rio de Janeiro já me conquistaram

iG: Último livro que leu?
Paloma Bernardi:
Estou lendo A Cabana, de William P. Young

iG: Uma lembrança da infância...
Paloma Bernardi:
Cd da Xuxa. Eu pegava minhas amiguinhas e já atuava para minha família

iG: Qual foi a última vez que chorou?
Paloma Bernardi:
Ontem com um e-mail que meu pai me mandou que chama Pai, Começa o Começo. Nossa, é demais. Fala sobre a presença do pai no começo de tudo, alegria, dificuldades, na vida do filho

iG: Amor ou sexo?
Paloma Bernardi:
Os dois, claro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.