Sérgio Mattos saiu em defesa do modelo, após vídeo polêmico no BBB12

Gata pergunta ao brother o que eles fizeram na noite anterior
Reproduçao TV Globo
Gata pergunta ao brother o que eles fizeram na noite anterior

Neste final de semana, um vídeo polêmico com cenas de Daniel e Monique , do BBB12, na cama, virou o grande assunto nas redes sociais. Na cena, a sister aparece deitada, aparentemente imóvel, enquanto Daniel supostamente faz sexo com ela. Sérgio Mattos , agente de Daniel, saiu em defesa do modelo. Ele contou que o participante do reality sempre foi muito profissional e nunca passou por uma situação dessas do lado de fora da casa. “Isso é muito ti-ti-ti”, afirmou ele ao iG.

Enquete: você acha que foi abuso sexual?

Siga também o Twitter do iG com notícias 24 horas do BBB12

Sérgio, que não assiste BBB, fez questão de ir atrás das cenas para entender o que estava acontecendo. “Ela não estava dormindo nada. Foi uma maldade de algum internauta malicioso que precisa se tratar. Se ficaram é porque quiseram. Vi o vídeo e não vi nem ela desmaiada e nem ele estuprando”, defendeu ele, que recebeu via Twitter diversas mensagens contra o brother. “Acredito que tenha um pouco de racismo aí. Chegou um monte de mensagem para mim dizendo que ele tem ‘CC’, que precisa cortar o cabelo. O (Diego) Alemão pega todas e ganha o BBB. Agora o negão é tarado e estuprador. Tem uma pitada de racismo nessa história toda”, afirmou o agente, que seguiu com o desabafo. “Tem muita gente retardada aí. As pessoas precisam se tratar, ler um livro, em vez de ficar assistindo pay per view na madrugada”.

ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA DO BIG BROTHER BRASIL 12 NO iG

Leia também: “Vou votar com todas as minhas forças para ele sair”, diz Deborah Secco sobre Daniel

Ele ainda falou sobre um possível processo que a mãe de Monique pensa em mover contra o BBB. “Isso é com ela e com ele. Tem que esclarecer. Eles conversaram, teve beijinho no dia seguinte. Mas não entendo porque colocaram ela de santa e ele de estuprador”.

Assista ao vídeo e vote: Você acha que houve abuso sexual?


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.