Eva Ekvall enfrentava um câncer de mama diagnosticado em 2010

Eva Ekvall enfrentava um câncer de mama
EFE
Eva Ekvall enfrentava um câncer de mama
A ex-Miss Venezuela Eva Ekvall morreu neste sábado na cidade americana de Houston (EUA), após enfrentar um câncer de mama que lhe foi diagnosticado em 2010, informaram pessoas próximas a ela. "Infelizmente o câncer teve a última palavra", declarou o escritor Leonardo Padró n ao canal Globovisión, confirmando a morte de Eva, de 28 anos.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Ele disse que a atriz e apresentadora "tinha uma longa batalha" e estava "demonstrando uma temperança e uma coragem extraordinários em sua luta contra o câncer". Padrón não confirmou se o corpo de Eva será repatriado.

Eva, após ser diagnosticada de câncer, chegou a questionar a utilização da saúde como meio para conseguir a beleza e não para prevenir e curar doenças. "Já sei o que se sente não ter um fio de cabelo", publicou Eva em sua conta no Twitter no dia 10 de março após raspar a cabeça.

Leia mais: "O câncer me deixou devastada. Eu me senti traída pela vida"

"Na Venezuela se investe muito dinheiro em ficar bela e não em saúde", considerou a modelo, reivindicando a prevenção em saúde como outra forma "de se cuidar fisicamente, porque se você está doente não vai se ver bonita", disse Eva.

A ex-miss documentou o processo de sua doença com as fotos do fotógrafo venezuelano Roberto Mata que, depois, se transformariam, junto às cartas que a modelo enviou a seus parentes, em um livro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.