Casada com Vincent Cassel, atriz italiana diz em entrevista que "trair carnalmente é menos grave"

Monica Bellucci
GettyImages
Monica Bellucci
A atriz e modelo italiana Monica Bellucci afirmou que não acredita "na fidelidade", mas sim "no amor", e ressaltou que a única certeza em sua vida são seus filhos.

Siga o iG Gente no Twitter

Em entrevista publicada neste sábado pelo jornal "La Repubblica", Bellucci, casada com o ator francês Vincent Cassel , considerado um dos atores mais atraentes do momento, e com quem tem dois filhos, Deva e Léonie , discute o tema da fidelidade.

"Eu não quero saber. Eu me interesso pelo amor, de resto é melhor não perguntar. O que importa é o amor. Saber que a pessoa de quem você precisa está ali", declarou.

Leia também: Monica Bellucci e Vincent Cassel curtem festa pré-carnaval

A atriz, conhecida por encarnar o ideal de beleza mediterrânea, acredita na fidelidade do coração "mais que na do corpo, porque trair carnalmente é menos grave", garantiu.

A intérprete de Maria Madalena em "A Paixão de Cristo", de Mel Gibson , destacou que "infelizmente não há uma lei que mantenha duas pessoas juntas, ou um contrato que as obrigue a isso".

ESPECIAL: Conheça os dez maiores amantes do show biz

"A única certeza em minha vida são minhas filhas. Sou italiana e para nós a família é tudo, em particular os filhos. O resto vem depois", completou.

Quanto aos ciúmes, Bellucci é partidária que os atores se casem entre eles. "Eles sabem que, quando se interpreta, você está fingindo, e isto ajuda a superar certos impulsos", explicou.

"Não é que não seja ciumenta, mas está claro que um ator entende melhor uma atriz e vice-versa. Se meu marido tem uma cena sexual com uma mulher que considera atraente, certamente interpretará melhor", acrescentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.