O ator vai disponibilizar, junto a instituição filantrópica Mending Kids International, cirurgias cardíacas nos Estados Unidos

Mel Gibson
Divulgação
Mel Gibson
De acordo com um comunicado do governo do Panamá, o ator e cineasta Mel Gibson ofereceu, nesta quinta-feira (21), ajuda à crianças panamenhas que tenham problemas cardíacos congênitos. A ideia do ator é levá-las para os EUA, para que lá possam ser operadas em hospitais do estado. O protagonista e diretor de "Coração Valente" (1995), agraciado com cinco prêmios Oscar, entre eles de melhor ator e de melhor direção, foi recebido na sede do Governo pelo presidente do Panamá, Ricardo Martinelli , e a primeira-dama Marta Linares .

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Gibson se reuniu nesta sexta-feira (22) com funcionários do Governo panamenho para coordenar um plano que permita transferir os menores ao país americano."Gibson está muito entusiasmado com este projeto de apoiar o Panamá. Esse tipo de cirurgia é uma salvação, pois muitas vezes elas não podem ser custeadas pelas famílias das crianças afetadas", acrescentou o breve comunicado. Gibson, principal benfeitor da fundação Mending Kids International, com presença em 32 países do mundo, coordenará a ajuda com o escritório da primeira-dama panamenha. Em junho, o ator visitou um hospital da capital guatemalteca e fez doações por meio da Mending Kid Internacional para a unidade de espinha bífida.

VEJA : Mel Gibson: Do Oscar ao underground de Hollywood

No encontro realizado na sede do Governo panamenho participaram também o ministro da Saúde, Franklin Vergara ; o diretor da Caixa de Seguro Social, Guillermo Saez-Lloren s, e a secretária de Assuntos Sociais da Presidência, Dayra Fábrega . De acordo com fontes oficiais panamenhas, uma em cada 100 crianças no mundo nascem com um defeito cardíaco congênito - os países em desenvolvido registraram incidência mais alta por não terem acesso ao atendimento médico.

Gibson também se mostrou interessado em patrocinar um programa de assistência à crianças pobres da América Central que necessitam de assistência à saúde.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.