Hubs de Gente

enhanced by Google
 

Mateus Solano

Posição no Ranking dos famosos:
Compartilhar:
  • Nome

    Mateus Solano

  • Idade

    30 anos (20/03/1981)

  • Naturalidade

    Brasília (DF)

  • Signo

    Peixes

  • Status

    namorando Paula Braun

Mateus Solano ganhou destaque vivendo os gêmeos Jorge e Miguel na novela “Viver a Vida” (2008) e interpretando Ronaldo Bôscoli em “Maysa - Quando Fala o Coração” (2009). Apesar de o sucesso na TV ser recente, Mateus, formado em artes cênicas, tem longa trajetória no teatro. O ator fez muitas peças, entre elas “Hamlet” (2009). Namora a também atriz Paula Braun e tem uma filha.

Ler biografia completa

FAMOSOS RELACIONADOS

  • Thiago Lacerda
  • Giovanna Antonelli
  • Rodrigo Hilbert
  • Taís Araújo
  • Bárbara Paz
  • Alinne Moraes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Todas as notícias

Mateus Solano no Twitter

Siga o Twitter do iG Gente

Biografia completa de Mateus Solano

BIOGRAFIA

Filho de um embaixador e de uma psicóloga, Mateus Solano nasceu em Brasília, mas cresceu no Rio de Janeiro. Começou a estudar teatro aos 15 anos e se formou em artes cênicas pela UniRio. Como ator já tem 12 anos de carreira, a maior parte deles no teatro. Na TV, Mateus começou fazendo participações em programas, séries e novelas como “A Diarista”, “Linha Direta”, “Sob Nova Direção”, “Casos e Acasos”, “Pé na Jaca”, “Paraíso Tropical”, “Malhação” e ” JK”.

Seu primeiro papel de destaque foi em 2009, na minissérie “Maysa - Quando Fala o Coração”, em que interpretou o compositor Ronaldo Bôscoli. Depois do bom desempenho nesse trabalho, foi convidado para atuar na novela “Viver a Vida” (2009), de Manoel Carlos. Nesse trabalho ele interpretou duas personagens, os gêmeos idênticos Jorge e Miguel, um grande desafio, em que ele mostrou um ótimo desempenho, com elogios do público e da crítica.

No teatro ele tem um vasto currículo. Seus últimos trabalhos no teatro foram “2 pra Viagem” (2008), no Rio de Janeiro e “Hamlet” (2009), em São Paulo, atuando ao lado de Wagner Moura. Seu primeiro trabalho no cinema foi como Marcelo, no filme “Linha de Passe” (2008), do diretor Walter Salles e Daniela Thomas. Atualmente, Mateus está filmando o longa “A Novela das Oito”, e se prepara para a próxima novela das 19h, “Dinossauros e Robôs”, em que será o protagonista.

<span>Mateus Solano</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>Mateus Solano e sua namorada Paula Braun</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>Mateus Solano e Alinne Moraes na novela Viver a Vida</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>Mateus Solano, seu pai e irmão</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>Mateus Solano se emociona na despedida da novela Viver a Vida</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong>

Na TV

2009/10 – Viver a Vida
Nos papéis dos gêmeos Jorge e Miguel

2009 – Maysa
Interpretando Ronaldo Bôscoli

2006 – JK
Como Júlio Soares
Participações especiais

2008 – Casos e Acasos

2008 – Faça Sua História

2007 – Sob Nova Direção

2007 – Pé na Jaca

2007 – Paraíso Tropical

2006 – Malhação

2005 – A Diarista

2003 – Linha Direta


CINEMA

2008 – Linha de Passe


TEATRO

2009 – Hamlet

2008 – 2 pra Viagem

2007 - Últimos Remorsos Antes do Esquecimento

2007 – O Perfeito Cozinheiro das Almas desse Mundo

 

Mateus Solano vive com a atriz Paula Braun, com quem teve uma filha, a recém-nascida Flora. Radiante com a paternidade, o ator se declara muito apaixonado pela mulher e afirma que eles planejam se casar. Eles moram juntos desde o começo de 2009.

Recentemente o ator disse que acredita em amor para toda a vida e se coloca como um romântico à moda antiga, do tipo que abre a porta do carro para a namorada entrar. “Paula é o grande amor da minha vida. Digo isso sem hesitar.”

Tímido, era chamado de “nerd” na infância. Os hábitos não mudaram muito. Prefere ficar em casa, jogando videogame com os amigos, a sair.

Mateus Solano teve uma ascensão rápida, mas tenta manter os pés no chão. Diz-se apaixonado pelo trabalho e não pela ideia de ser celebridade. Afirma conhecer os limites impostos pela pouca experiência e diz que o ator é como um “vinho”.

 

Ver de novo