Em um mês rodando pelo mundo, a jornalista fez passeio por lugares que ainda não conhecia, como Turquia e Israel

Marília Gabriela no Muro das Lamentações, em jerusalém
Divulgação
Marília Gabriela no Muro das Lamentações, em jerusalém
Marília Gabriela ainda estava de "ressaca" da viagem longa quando conversou com o iG por telefone. "Estou tentando me acertar no horário local, cinco horas atrás do que eu estava", disse ela. Gabi nos contou que esteve em Istambul -- "que coisa de cidade, que maravilha, que cores, que mistérios" -- e na Capadócia, onde andou de balão; em Copanhagen, na Dinamarca, e por fim em Israel, país que tinha muita vontade de conhecer desde sempre, mas especialmente depois que seu filho caçula, Theodoro, esteve lá e voltou entusiasmado.

"Israel foi um susto, uma surpresa, uma modernidade e religiosidade impressionantes, tem grandes contrastes neste sentido", conta. Em pouco mais de uma semana, conheceu lugares históricos que a emocionaram. O Monumento às Crianças, o Rio Jordão e o Museu de Israel fizeram parte do roteiro.

Mesmo depois de um mês fora, ela não se desanima de pensar na próxima viagem. "Se não fossem os aeroportos e as malas, haveria coisa mais inteligente que passar o resto da vida ficando em lugares distantes e necessários?", indaga ela.



Marília Gabriela passa férias em Israel
Divulgação
Marília Gabriela passa férias em Israel

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.