"As Bruxas de Eastwick" estreia na próxima sexta-feira (12)

Maria Clara Gueiros e Eduardo Galvão
Beto Lima
Maria Clara Gueiros e Eduardo Galvão
Maria Clara Gueiros e Eduardo Galvão , ambos no ar em “ Insensato Coração ”, se reuniram na tarde dessa quarta-feira (10) para a coletiva de imprensa do musical " As Bruxas de Eastwick ", do diretor Charles Möller e adaptação de Claudio Botelho. Superprodução, originalmente montada em Londres no teatro e sucesso de bilheterias nos cinemas em 1987, Eduardo Galvão dá vida ao diabólico sedutor Darryl van Horne (no filme, o personagem interpretado por Jack Nicholson ), já Maria Clara Gueiros é Alexandra (papel de Cher ). Ansiosos para a estreia, que acontece nesta sexta-feira (12), no Teatro Bradesco em São Paulo, Maria Clara falou sobre a expectativa e a preparação para encarar seu primeiro musical.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Maria Clara Gueiros em cena
Beto Lima
Maria Clara Gueiros em cena
“Eu tenho um bom ouvido musical e estou bem confortável, não tem nada que eu não consiga fazer, até porque o Claudio Botelho me protege muito pelo fato de eu não ser cantora... Sou uma atriz que está começando a cantar”, explicou a atriz que fez algumas aulas de canto. “Como é meu primeiro musical meu timbre é esse (risos). Mas eu estou super confortável nos timbres que eu estou cantando, me preparei com algumas aulas de canto”.

Leia também: Saiba o que vai acontecer nos capítulos finais de "Insensato Coração "

Apesar de já ter feito dezenas de peças, inclusive outros musicais, Eduardo Galvão destacou alguns pontos desse novo personagem pelo seu dinamismo em cena.

“É um papel que eu posso fazer quase tudo. Eu nunca tinha feito no teatro um personagem assim, faço parte do inconsciente dessas mulheres, então eu posso ser tudo, posso ser ilusão, a realidade, verdade, mentira, cabe tudo isso dentro dele”. Questionado também se chegou a fazer aulas de canto, ele revelou

Eduardo Galvão como Darryl van Horne
Beto Lima
Eduardo Galvão como Darryl van Horne
que foi meio ‘displicente’. “Eu sempre cantei no banheiro né (risos)... Eu fiz “Gypsy “ foi quando eu comecei a cantar com a Totia Meirelles, fiz algumas aulas de canto, mas não dei continuidade. Sempre gostei de cantar, mas nunca estudei o tanto que deveria”.

Em uma das cenas da peça, Maria Clara vai voar a uma altura de três metros sobre a plateia, mas o que ninguém sabe é que a atriz morre de medo de lugares altos.

“Eu espero que o equipamento seja confiável, porque essa pode ser a última entrevista que eu vou dar (risos). Eu já ensaiei uma vez em outro equipamento, que não era todo computadorizado e deu certo. Acho que vai ser bacana”, disse a atriz com um leve ar de sarcasmo.

Novela X Teatro

Ensaiando o espetáculo há dois meses, bem na época em que os personagens de ambos estavam em evidência na trama global, Eduardo Galvão revela que quase desistiu do teatro por não conseguir dar conta dos ensaios e das gravações de Wagner, em “Insensato Coração”.

“Com essa coisa da novela, dos ensaios, foi muito puxado, teve um dia que eu quase desisti, fiquei meio balançado”.

Maria não chegou ao ponto de largar tudo, mas ainda tem encarado uma dura rotina na ponte aérea.

"Para mim está uma loucura, mas eu gosto tanto de trabalhar. Eu estou cansadíssima, mas estou muito feliz. Essa semana eu vou quatro vezes ao Rio de Janeiro, porque eu vim para a coletiva e para o ensaio, volto amanhã para gravar uma cena, depois volto para São Paulo... É uma loucura. Estou fazendo o que eu gosto e está valendo muito a pena”.

Os atores contam que tiveram trabalho para conciliar as agendas do teatro e tevê
Beto Lima
Os atores contam que tiveram trabalho para conciliar as agendas do teatro e tevê

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.