Diretor entregou o prêmio de melhor atriz no 6º Prêmio Contigo! de Cinema, nessa segunda-feira (12), no Espaço Tom Jobim, no Rio

Marcos Paulo e Antônia Fontenelle
Thyago Andrade/Photo Rio News
Marcos Paulo e Antônia Fontenelle
O diretor Marcos Paulo não quer mais saber de dar declarações sobre o seu tratamento para o câncer do esôfago , que o deixou internado por 20 dias em São Paulo . Durante a entrega do 6º prêmio Contigo! de Cinema, nessa segunda-feira (12), no Espaço Tom Jobim, na Zona Sul do Rio, ele evitou o assunto. “Não falo mais sobre isso. Já é página virada na minha vida”, disse ele,  acompanhado da mulher, Antônia Fontenelle .

Marco Paulo - que estreou como diretor de cinema com o filme “Assalto ao Banco Central” – já tem novo projeto: o longa-metragem “Os Sequestrados”. “Ainda não posso falar muito sobre o projeto porque está em fase de captação”, afirmou ele, que ainda reclamou da falta de investimento na produção cinematográfica nacional. “O cinema tem a tendência de ficar cada vez mais profissional. Aquele pensamento de uma câmera na mão e uma ideia na cabeça já teve seu tempo. Se joga tanto dinheiro fora no país, porque não investir na cultura, no cinema?”, indagou ele.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.