O intérprete de Clô em "Fina Estampa" dará vida a um autista no cinema em 2012

Marcelo Serrado na pele de Clô (arquivo)
João Miguel Júnior/TV Globo
Marcelo Serrado na pele de Clô (arquivo)
Marcelo Serrado tem vivido dias de gloria por causa de seu personagem, o mordomo Clô de "Fina Estampa". O ator tem recebido muitos elogios e está sendo assediado, principalmente por crianças. "Não vou dizer que é o personagem mais importante da minha carreira porque o delegado Nogueira ("Vidas Opostas", da Record) foi muito importante para mim. Mas com certeza é o mais popular", disse Marcelo, durante o último dia do Oi Athina Onassis Horse Show, neste domingo (4), na Sociedade Hípica Brasileira, na Lagoa, na zona sul do Rio.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Ele ainda brincou sobre a sexualidade do personagem. "De vez em quando me pego quebrando a mão como o Clô. Tenho que me policiar para não copiar os trejeitos dele. Mas não levo personagem para a cama. Consigo separar bem isso".

LEIA MAIS: Marcelo Serrado passeia com a filha em Gramado

Marcelo está muito feliz com a sua volta a Rede Globo. "Estou recendo um carinho bem diferente. Estou me sentido abraçado", afirmou ele, que este ano vai se dedicar só a novela. " Quero fazer muito bem esse personagem porque é a minha volta". Mesmo assim, o ator já está com planos para 2012. Ele vai fazer dois filmes: "No retrovisor", de Marcelo Rubens Paiva , e "Mesmo que seja eu". "Vou fazer um garoto que tem autismo elevado. Uma coisa meio Rain Man", explicou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.