A semana de moda de São Paulo se confunde com a história da modelo, que agora se dedica inteiramente à filha de seis meses

Luciana Curtis: 20 anos de carreira e 15 de São Paulo Fashion Week
Carol Martins, especial para iG Gente
Luciana Curtis: 20 anos de carreira e 15 de São Paulo Fashion Week

Quando chegou à Bienal do Ibirapuera para participar de mais uma edição do São Paulo Fashion Week, nesse sábado (29), Luciana Curtis foi surpreendida. A modelo, de 34 anos, recebeu um presente de seu booker da Ford Models: uma foto de sua festa de 15 anos, em que aparece com um vestido rosa e sorrindo para a câmera em frente a um enorme bolo de aniversário.

A imagem é de uma menina que sonhava em ser top model, mas que nem imaginava que dois anos depois ganharia a etapa brasileira do "Supermodel of the World" e se tornaria uma das modelos brasileiras mais importantes do País.

Há seis meses longe do trabalho e se dedicando inteiramente à filha, Cora , de seis meses, Luciana volta ao trabalho pela primeira vez no Brasil e conversa com o iG Gente antes de entrar na passarela do desfile do amigo Alexandre Herchcovitch -- aliás, Luciana só desfila no Brasil à convite de amigos. Confira a entrevista... 

André Giorgi
"O momento mais marcante do SPFW foi o primeiro", diz Luciana Curtis
iG: Sua história como modelo se confunde com a história do São Paulo Fashion Week. Qual o momento que mais te marcou na semana de moda em todos esses anos?
Luciana Curtis: O primeiro foi bem marcante porque eu vi essa transição da gente ter uma semana de moda no Brasil, que antes a gente não tinha. Antes os desfiles eram superesporádicos. O primeiro foi bem marcante para as modelos que fizeram parte, por conta da profissionalização do nosso mercado, para termos a oportunidade de trabalhar para vários estilistas.

iG: O que mais você se diverte quando pensa na sua carreira de modelo em todos esses anos?
Luciana Curtis: A correria da vida de modelo. Depois do último dia do Fashion Week indo pra semana de moda de Nova York, com o cabelo armado, gigantesco, eu ficava no banheiro do avião tirando o spray e toda a maquiagem. O duro é que você esquece que você estava com aquele cabelo, com aquela cara... e chega no aeroporto com a maior naturalidade.

iG: E como foi a sua festa de aniversário de 15 anos?
Luciana Curtis:
Que engraçado, eu acabei de receber uma foto do meu aniversário de 15 anos que meu booker achou na agência. Foi superlegal, meus pais fizeram uma festa para meus amigos e família, não foi de debutante nem nada, mas meu vestido era rosa modelo trapézio, que era moda naquela época. Lembro que fui ao cabeleireiro e ele me fez um estilo chanelzinho que eu odiei e fiquei com o cabelo todo duro de laquê. Cheguei em casa, lavei e fiquei com o cabelo natural, minha mãe queria me matar.

Luciana Curtis em 2001, em sua festa de aniversário
André Giorgi
Luciana Curtis em 2001, em sua festa de aniversário

iG: As duas edições do anteriores foram muito diferentes para você. Em janeiro de 2010, você desfilou grávida, e em julho, você tinha acabado de dar à luz sua primeira filha. Como está sendo sua vida de mãe?
Luciana Curtis: Eu tenho uma filha de seis meses. Posso dizer que "estou" mamãe. Desfile eu não estou mais fazendo fora, só no Brasil mesmo, e só voltei a trabalhar agora. Nesses últimos seis meses eu só quis me dedicar à minha filha. Ser mãe foi um sonho minha vida inteira e fui sempre adiando por causa da carreira, então quando eu resolvi ter filho eu resolvi que os primeiros seis meses eram únicos e exclusivos dela, eu não tenho babá, não tenho ninguém, eu cuido dela sozinha.

iG: Tem saudade da correria da vida de modelo?
Luciana Curtis: Estou fazendo algumas campanhas, catálogos. Mas meus últimos seis meses se resumem a trocar fralda, dar de mamar. Acordar com ela e ficar deitadinha com ela, dando de mamar. Não tem nada igual ficar ao lado dela e do meu marido, e da nossa cachorrinha, todo mundo na cama junto. É uma delícia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.